IBOTIRAMA @ Homem é preso na casa da avó na BA por se passar por PM; identidades falsas, farda e armas foram apreendidas - Observador Independente

BAHIA

13 de agosto de 2018

IBOTIRAMA @ Homem é preso na casa da avó na BA por se passar por PM; identidades falsas, farda e armas foram apreendidas

Homem usava quatro identidades falsas (Foto: Divulgação/Polícia Militar)





Suspeito foi achado, após denúncia, na casa da avó. Caso ocorreu na cidade de Ibotirama, oeste do estado.

Um homem que se passava por um policial militar do Maranhão foi preso na cidade de Ibotirama, na região oeste da Bahia, no sábado (11). De acordo com a Polícia Civil, Edmundo Rodrigues, foi descoberto após uma denúncia anônima do Maranhão. O homem dizia fazer parte da PM maranhense.

Conforme a polícia, o suspeito entrava em repartições públicas e ganhava vantagem. Ele também foi acusado de entrar em quartéis no estado do Maranhão pra roubar armas de fogo. Edmundo foi preso na casa da avó, com quatro identidades policiais falsas, fardas da PM maranhense, uma pistola ponto 40, um revólver calibre 38, uma algema e 27 munições.

A Polícia Civil informou que Edmundo contou que morava no Maranhão e foi passar uma semana com a avó, que estava doente e mora em Ibotirama. De acordo com a Polícia Civil, ele foi liberado na tarde de domingo (12), após pagar fiança de R$ 3.180.
Homem tinha fardas da polícia (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Homem tinha duas armas e 27 munições. (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas