JOÃO DOURADO @ Quatro suspeitos morrem em confronto com a polícia - Observador Independente

BAHIA

31 de agosto de 2018

JOÃO DOURADO @ Quatro suspeitos morrem em confronto com a polícia

Crédito da foto  Divulgação/SSP-BA 



Quatro pessoas morreram em confronto com a polícia na tarde desta quinta-feira (30) na cidade de João Dourado, no centro-norte baiano. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA), a operação preventiva teve como objetivo desarticular uma quadrilha acusada de tráfico de drogas e homicídios.

Durante a ação, equipes das polícias Militar e Civil faziam abordagens quando Maciel Carvalho dos Santos, 19 anos, reagiu atirando e acabou atingido. O traficante foi socorrido, mas não resistiu. Com ele foram encontrados um revólver calibre 38 e munições.

Em outro ponto da cidade, dois integrantes da mesma facção de Maciel também reagiram à abordagem atirando e não resistiram. Com eles, os policiais encontraram duas metralhadoras, uma fabricada nos Estados Unidos, ambas de uso restrito, e munições. Em um imóvel usado pelos criminosos, não identificados, foram encontrados dois quilos de maconha, porções de crack e cocaína, além de uma balança.

Já no povoado de Caldeirão do Jacó, zona rural de João Dourado, uma denúncia anônima levou as equipes até um traficante apelidado de Chico. Houve novo confronto e ele também acabou não resistindo. Na casa do traficante foram apreendidos um fuzil calibre 7,62, munições, 102 porções de cocaína e seis trouxas de maconha.

Escondidos dentro do mesmo imóvel, foram presos em flagrante, por associação ao tráfico, Ravilla Nayane Lopes, 23 anos, João Marcos Vieira, 20, Henrique da Silva Pinheiro, 27, e Francisco Pereira da Silva, 29, além da apreendido um adolescente de 17 anos. Participaram do trabalho integrado equipes do 7° BPM e da 14 Coorpin, ambas de Irecê.
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas