LAURO DE FREITAS @ Empresário denuncia suposto crime ambiental - Observador Independente

BAHIA

27 de agosto de 2018

LAURO DE FREITAS @ Empresário denuncia suposto crime ambiental

Crédito da foto Reprodução 




Comerciantes do bairro Pitangueiras, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador, estão indignados com a ação de um homem que rotineiramente joga lixo e entulho em um córrego da Rua dos Maçons. A atitude causa o entupimento do córrego. e quando chove acaba alagando toda a região trazendo prejuízos a moradores e comerciantes. 

O empresário Felipe Rodrigues denunciou a situação ao site  
Esse ano com uma chuva que teve a água adentrou os meus galpões e deu quase um metro de água. Tivemos um prejuízo aproximadamente de 40 mil reais.
Crédito da foto Reprodução 

Rodrigues enviou fotos que mostram o homem acusado jogando entulho no córrego neste domingo (26). "O senhor foi abordado e fotografado. Ao ser questionado sobre sua atitude chamou todos de 'otários' e saiu em sua caminhonete modelo Ranger. Indignados os comerciantes da região tentam identificar o infrator para que o mesmo arque com a infração. 

Lembrando que tal ato constitui penalidade no código de trânsito com multa e pontos na carteira. Além do crime ambiental, com danos a terceiros", afirmou. Outros prejudicados com a situação expuseram a ação nas redes sociais, mas até o momento o indivíduo não foi identificado. 

Crédito da foto Reprodução 

Existem dispositivos referentes à poluição hídrica - poluição que envolve os recursos hídricos, superficiais e/ou subterrânea, de água doce e salgada. Como exemplo, há a contaminação de praias, mananciais, córregos, rios e lençol freático por agrotóxicos, lixões clandestinos, esgotos, resíduos industriais, atividade mineradora clandestina, dentre tantas outras condutas delituosas. 

O crime de poluição foi introduzido na legislação brasileira através da Lei 7.804/86, que alterou a Lei 6.938/81, com isso a lei conceituou a poluição em seu artigo 3º, III e no artigo 15 definiu a conduta típica.

A reportagem buscou informações com a prefeitura de Lauro de Freitas através da secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, mas não obteve retorno até a publicação da matéria.



bocãonews

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas