PAULO AFONSO @ GOVERNO DA BAHIA VIABILIZA INVESTIMENTOS DE UTI PARA HOSPITAL UNIVERSITÁRIO - Observador Independente

BAHIA

15 de agosto de 2018

PAULO AFONSO @ GOVERNO DA BAHIA VIABILIZA INVESTIMENTOS DE UTI PARA HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

Crédito da imagem / Divulgação SECOM/Ba




Um acordo assinado na noite de ontem (14), em Brasília, entre o Governo da Bahia, a prefeitura de Paulo Afonso e três entidades do governo federal viabilizou o investimento de R$ 45 milhões na reforma e ampliação do Hospital Nair Alves de Souza (HNAS), que ganhará 30 leitos de Terapia Intensiva (UTI), novo centro cirúrgico, emergência, dentre outras intervenções.

De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, que participou da negociação ao lado do reitor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Jiulianeli Tolentino, a unidade que é referência para 800 mil habitantes e abrange áreas dos estados da Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco encontra-se em processo de federalização e transformação em hospital universitário. 

Atualmente ainda é mantido pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), mas desde 2015 foi transferida a titularidade para a Univasf a fim de que a progressivamente a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), assuma a gestão.

O entendimento com a Univasf, a Ebserh e a Chesf foi intermediado pelo Governo do Estado, a fim de que o cronograma completo seja finalizado em três anos e por fases. No primeiro ano a Chesf continuará como responsável pela manutenção e recursos humanos; no ano seguinte, parte dos recursos humanos serão da Ebserh, enquanto a Chesf mantém o pagamento da manutenção e do restante dos funcionários; já no terceiro ano, a Ebserh será responsável por todo quadro funcional, reduzindo as obrigações da Chesf em relação à manutenção.

Na avaliação de Vilas-Boas, a expansão dos cursos de medicina em universidades federais na Bahia gerou a necessidade de adequação e ampliação de hospitais para absorver essa demanda. "O Estado está profundamente comprometido com a descentralização da assistência ao construir e ampliar unidades na capital e no interior, além de firmar contratos com entes públicos, filantrópicos ou privados para a expansão dos serviços", afirma o secretário.

O projeto da reforma, contratado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), já foi concluído e entregue à Univasf que deverá proceder à licitação e contratação da obra até dezembro.
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas