PETROLINA @ "AGOSTO DOURADO" TEM CONTINUIDADE COM AS AÇÕES DO GRUPO DE APOIO ÀS MÃES DE PREMATUROS DO HDM/IMIP - Observador Independente

BAHIA

21 de agosto de 2018

PETROLINA @ "AGOSTO DOURADO" TEM CONTINUIDADE COM AS AÇÕES DO GRUPO DE APOIO ÀS MÃES DE PREMATUROS DO HDM/IMIP

Crédito da foto // Anna Monteiro-Hospital Dom Malan Imip



O Grupo de Apoio às Mães de Prematuros (GAMP) do Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina está dando continuidade às comemorações do "Agosto Dourado" – que tem como objetivo conscientizar a sociedade sobre a importância da amamentação. A nova programação teve início na sexta-feira (17), com um momento de informação e cuidado.

Inicialmente, a equipe do GAMP visitou alguns setores do hospital distribuindo folders informativos e os laços dourados (símbolo da campanha), promovendo em educação em saúde e ressaltando os benefícios do aleitamento materno.

Em seguida, a psicóloga clínica Hortência Oliveira Lima realizou um exercício de cuidado com as mães. "Vim a convite da psicóloga do HDM, Jéssica Melo, e decidi trazer um pouco da minha prática Psico-Corporal, já que trabalho com análise bioenergética. Dessa forma conseguimos mexer com o corpo, mente e emoções", esclarece.

De acordo com a profissional, as mães de prematuros que vivem essas situações de confinamento e incerteza ficam mais vulneráveis. "É bem difícil e o momento exige delas muita paciência e força. Por isso, o grupo precisa se fortalecer não apenas enquanto unidade, mas como coletivo. O que tentamos hoje foi desenvolver o autocuidado, a empatia entre essas mães e o compartilhar", revela.

Valdiva Lopes, do município de Filadélfia na Bahia, aprovou. "Me senti protegida e amparada", garantiu a mamãe do pequeno Luanderson, que nasceu no dia 09 de agosto, com 35 semanas e 4 dias. "Vim para a Casa de Apoio ontem e o meu bebê ainda deve passar pelo menos mais uns 10 dias aqui, então pretendo participar de outras atividades", afirmou.

Para a idealizadora do GAMP, Juliana Benevides, esse sentimento de bem-estar e acolhimento faz com que as mulheres se sintam mais seguras também para amamentar e ordenhar o seu leite. "Com todo esse movimento nós queremos estimular é a amamentação, afinal o Agosto Dourado trata disso", ressalta. E ainda tem muita programação pela frente, pois as ações só encerram no dia 31.



Anna Monteiro-Hospital Dom Malan Imip

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.
VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas