SALVADOR @ Caso aconteceu no bairro Novo Horizonte, em Salvador; documentos de identidade de uma mulher foi achado no local. - Observador Independente

BAHIA

24 de agosto de 2018

SALVADOR @ Caso aconteceu no bairro Novo Horizonte, em Salvador; documentos de identidade de uma mulher foi achado no local.

Granadas foram achadas dentro de mala em uma laje de casa em Salvador 
(Foto: Divulgação/Polícia Militar)




Uma mala com mais de 1,5 quilo de drogas, colete balístico, facas, balanças e três granadas foi achada na laje de uma casa no bairro de Novo Horizonte, em Salvador.


De acordo com a Polícia Militar, após denúncia anônima sobre o tráfico de drogas na região, policiais surpreenderam criminosos, que conseguiram fugir quando avistaram a viatura. O caso aconteceu na noite de quinta-feira (23).

Durante revista na casa, uma mala vermelha foi encontrada na laje com os seguintes itens: um colete balístico; três granadas; 865 gramas de maconha prensada; 144 porções de maconha; 510 gramas de pasta base de cocaína; três balanças; cinco pacotes de substâncias químicas para mistura das drogas; cinco pacotes de fumo desfiado, contendo 20 saquinhos cada; três fitas adesivas para embalar materiais; uma machadinha; 14 facas grandes; um binóculo e um aparelho celular.

Além do material, a PM encontrou documentos de identidade em nome de uma mulher, que não foi divulgada. A ocorrência foi registrada na Central de Flagrantes. Nenhum suspeito foi preso até a publicação desta reportagem.

Drogas também foram achadas dentro da mala (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas