SALVADOR @ Duas travestis e um homem são presos após roubar táxi e bater em poste; dono do carro de 70 anos foi agredido em assalto - Observador Independente

BAHIA

20 de agosto de 2018

SALVADOR @ Duas travestis e um homem são presos após roubar táxi e bater em poste; dono do carro de 70 anos foi agredido em assalto

Dois travestis e um homem são presos após agredir e roubar taxista idoso na Bahia 
(Foto: Divulgação/Sindicato dos Taxistas)





Caso ocorreu na noite de domingo (19), na Avenida Djalma Dultra, em Salvador. Motorista foi interceptado no bairro de Amaralina.

Duas travestis e um homem foram presos após roubarem um táxi, na noite de domingo (19), em Salvador. Depois do assalto, houve perseguição policial e um dos suspeitos que conduzia o veículo perdeu o controle a direção e bateu em um poste na Rua Djalma Dutra.

O dono do veículo, um taxista de 70 anos, não estava mais no carro no momento do acidente e os suspeitos não tiveram ferimentos. De acordo com a Polícia Civil, o assalto ocorreu no bairro de Amaralina, quando o motorista parou após o suspeito acenar.

Ao se aproximar do suposto cliente, o taxista teve o carro invadido pelo suspeito e outras duas travestis. Em seguida, sob a ameaça de um estilete, o motorista foi agredido pelo homem e obrigado a deixar o veículo.
Homem que participou de roubo junto com travestis também foi preso em Salvador 
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)



Após o assalto, policiais militares foram acionados e começaram a seguir o táxi na região da Avenida Vasco da Gama. Na Djalma Dutra, onde em um cruzamento, o suspeito que conduzia o táxi perdeu o controle da direção e bateu no poste. 

A polícia prendeu o trio após o acidente. Os suspeitos foram encaminhados para a delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, onde estão à disposição da Justiça.


AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas