SALVADOR @ Em plena campanha nacional, apenas três postos garantem oferta de vacinas - Observador Independente

BAHIA

7 de agosto de 2018

SALVADOR @ Em plena campanha nacional, apenas três postos garantem oferta de vacinas

Com a greve dos servidores municipais, só multi centros com funcionários terceirizados garantem distribuição // Crédito da foto // Valter Pontes/Secom-PMS



Apesar da campanha nacional de vacinação contra o sarampo e a poliomelite, apenas três multicentros de saúde ofertam as doses em Salvador, devido à greve dos servidores municipais – sem prazo para chegar ao fim.

Os imunizantes começaram a ser distribuídos ontem (6) em todo o país, por recomendação do Ministério da Saúde, mesmo dia em que a paralisação foi iniciada na capital.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, ainda não há como mensurar onde efetivamente as vacinas estão disponíveis, já que há profissionais que não aderiram à paralisação. Os postos localizados na Rua Carlos Gomes, em Amaralina e na Liberdade são os únicos que possuem funcionários terceirizados e que, portanto, podem atender à população.

A meta da campanha na Bahia é imunizar 850 mil pessoas. O público-alvo é composto por crianças de um ano a menores de cinco. A iniciativa em todo o Brasil segue até o dia 31 deste mês.
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas