SALVADOR @ Escola de Dança da Funceb oferece 265 vagas para cursos de diversas modalidades - Observador Independente

BAHIA

18 de agosto de 2018

SALVADOR @ Escola de Dança da Funceb oferece 265 vagas para cursos de diversas modalidades

Escola de Dança da Funceb oferece cursos em Salvador (Foto: Jeferson Vieira/Divulgação)





A Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado (Funceb/SecultBa) oferece 265 vagas para cursos de diversas modalidades no segundo semestre deste ano, em Salvador. As aulas são direcionadas a todos os interessados em potencializar a troca de conhecimentos em dança. Não é cobrada experiência, mas é preciso ter 18 anos.

Os interessados devem se inscrever presencialmente na instituição, localizada na Rua da Oração, no bairro do Pelourinho, centro histórico da capital baiana. A mensalidade custa R$ 60 e é cobrada no ato da inscrição, além do RG e comprovante de residência.

As aulas acontecem uma vez por semana, de segunda a sexta-feira, sempre das 18h30 às 20h30. O interessado deve procurar a instituição preferencialmente no dia da aula que tem interesse.

Dentre as modalidades ofertadas estão: Dança Afro Contemporâneo, Ballet Clássico, Canto e Dança dos Orixás em Yorubá, Dança de Salão, Dança Contemporânea e Dança Moderna, Dança do Ventre, Jazz Dance, Danças Urbanas, Pilates - Solo, Sapateado Americano/Musical Dance, Pole Dance Circus e Dança Circular Sagrada. [confira a tabela no final da reportagem]

SERVIÇO

Cursos Livres em Dança – Escola de Dança da Funceb
Quando: uma vez na semana, de segunda a sexta-feira, sempre das 18h30 às 20h30
Onde: Escola de Dança da Funceb (Rua da Oração, nº 1, Pelourinho, centro de Salvador)
Valor: R$ 60 (mensal)
Mais informações: (71) 3116-6641 (Escola de Dança da Funceb)
Tabela de cursos oferecidos pela Escola de Dança da Funceb (Foto: Divulgação/Funceb)
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas