SALVADOR @ Festejos a São Roque acontecem nesta quinta-feira no bairro da Federação; confira programação - Observador Independente

BAHIA

16 de agosto de 2018

SALVADOR @ Festejos a São Roque acontecem nesta quinta-feira no bairro da Federação; confira programação

Fiéis comemoram São Roque em Salvador (Foto: Adriana Oliveira/TV Bahia)




Santo é conhecido como o protetor contra doenças e pragas. Tema da festa deste ano é 'Iluminados pelo testemunho de São Roque, sejamos sal da terra e luz do mundo'.

Os festejos a São Roque começaram por volta das 5h desta quinta-feira (16), na Igreja São Lázaro e São Roque, localizada no bairro da Federação, em Salvador. A festa do santo católico, conhecido como o protetor contra doenças e pragas, tem como tema, este ano, "Iluminados pelo testemunho de São Roque, sejamos sal da terra e luz do mundo".

O dia festivo teve início com uma alvorada. Devotos se reuniram na primeira missa que ocorreu às 5h30. Quem perdeu a primeira celebração ainda pode conferir outras missas que serão às 7h, 9h e 11h.

Já às 14h acontecerá a recitação do terço. A missa festiva terá início às 15h30 e será presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger.

Logo após a Celebração Eucarística acontecerá uma procissão, que seguirá até o Cemitério Campo Santo e retornará para a igreja, onde haverá a bênção com o Santíssimo Sacramento, encerrando as homenagens ao santo.

Sincretismo religioso
No Candomblé, São Roque é representado por Obaluaê, ou Omolu e no momento da festa pessoas tomam banho de pipoca (Foto: Adriana Oliveira/TV Bahia)


No Candomblé, São Roque é representado por Obaluaê, ou Omolu, orixá responsável tanto pela cura, quanto pela disseminação de doenças infecto-contagiosas.

Nos rituais do Candomblé, os fiéis de Obaluaê recebem os tradicionais banhos de pipoca, preparada sem sal e com pedaços de coco, além dos banhos com ervas e alfazema e o uso da Pemba de Oxalá, pó branco feito a partir de raízes.

De acordo com pais de santo, o banho de pipoca é para retirar as impurezas das pessoas e atrair a positividade. O banho com alfazemas representa Yemanjá, rainha das águas e mãe de Obaluaê. Já a Pemba de Oxalá serve para "fechar o corpo".

Além da pipoca, as pessoas comem o mungunzá, uma espécie de mingau feito com grãos de milhos cozidos inteiros, durante toda a festa, também em homenagem ao orixá.

História

Igreja de São Roque, em Salvador (Foto: Reprodução/ TV Bahia)


Padroeiro dos inválidos na religião católica, São Roque nasceu na França, no ano de 1295, uma época em que a Europa vivia um momento das mais variadas epidemias, decorrentes das más condições de saneamento básico da época.

E foi neste cenário que São Roque, de acordo com as crenças católicas, começou a curar doentes de todo o continente, afastando as pestes por onde passava. A Igreja de São Lázaro, construída no século XVIII, é templo religioso de São Roque e São Lázaro. A festa de São Lázaro é realizada no dia 11 de fevereiro.

Durante todo o dia fiéis passarão pela igreja para prestar devoção ao santo das enfermidades. Além de padroeiro dos enfermos, São Roque também é o santo padroeiro dos médicos cirurgiões e protetor dos gados.



g1/bahia

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas