SANTO ANTº DE JESUS @ Deputados copa do mundo começam a chegar à cidade. Pelo menos um já cometendo irregularidades eleitorais - Observador Independente

BAHIA

16 de agosto de 2018

SANTO ANTº DE JESUS @ Deputados copa do mundo começam a chegar à cidade. Pelo menos um já cometendo irregularidades eleitorais

Crédito da foto // Redação SAJ    





Todo mundo sabe que é proibido propaganda eleitoral a menos de 500 metros de prédios e órgãos públicos. Só o deputado/candidato SUMIDÃO não sabe? Com a palavra o Ministério Público Eleitoral, se é que existe esse órgão ‘fiscalizador’ na cidade.



Passaram-se já quase quatro anos das eleições que levaram à Assembleia Legislativa da Bahia, a safra de deputados que ai está finalizando o mandato. Destes, muitos estão desistindo das candidaturas, outros resolveram tentar uma vaga na Câmara Federal, e outros, por “brigarem” com o povo, acabaram ficando de fora em 2014 tentando uma nova vaga em 2018. 

Até ai, direito legítimo de qualquer um, já é visível o assédio de candidatos Copa do Mundo aos eleitores em Santo Antônio de Jesus, e em outras cidades da Bahia. 

Nenhuma novidade, e a democracia é exatamente isso, submeter-se à vontade popular e deixar que o povo decida se acredita ou não na proposta de cada um, na sua legitimidade pessoal para pleitear o cargo, e, principalmente, na confiabilidade que o candidato consegue passar para a população. 
Crédito da foto // Redação SAJ    



Santo Antônio de Jesus, amanheceu na manhã desta quinta-feira, 16, repleta de moças jovens e bonitas portando cartazes do deputado estadual Alan Sanches, que em 2014 recebeu a primeira demonstração do eleitor que não acreditava mais na sua proposta, recebendo apenas 60.872, ou seja 0,89% dos votos válidos em toda a Bahia. Passou raspando!

Ao longo dos quatro anos seguintes, o deputado simplesmente SUMIU. Mesmo nas eleições de 2016, era difícil encontrar o parlamentar na campanha do seu aliado maior, o ex-prefeito Humberto Leite. 

Mas ai está as eleições 2018 e o atual deputado e candidato tenta novamente. Mas, sem querer, querendo, já começa mal, pois, dispostas em frente a prédios públicos pelo centro da cidade, sua propaganda eleitoral que começou hoje, chama a atenção pela irregularidade. 

Todo mundo sabe que é proibido propaganda eleitoral a menos de 500 metros de prédios e órgãos públicos. Só o candidato não sabe? Com a palavra o Ministério Público Eleitoral, se é que existe esse órgão 'fiscalizador' na cidade.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas