CORRENTINA @ Último Tango: STJ manda soltar vereador e ex-presidente da Câmara - Observador Independente

BAHIA

11 de septiembre de 2018

CORRENTINA @ Último Tango: STJ manda soltar vereador e ex-presidente da Câmara

Crédito da foto / Divulgação/PRF-BA




O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu habeas corpus e mandou soltar o vereador e ex-presidente da Câmara de Correntina, Wesley Campos Aguiar (PV). O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) determinou a prisão do legisador em maio, mas Aguiar esteve foragido até dia 21 de agosto, quando se entregou ao Judiciário. 

O alvará de soltura foi expedido pelo STJ no começo deste mês de setembro e confirmado pelo TJ-BA no último dia 5.

Wesley Campos Aguiar é investigado pela Operação Último Tango, ação deflagrada em novembro de 2017 pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) contra uma organização criminosa suspeita de fraudar processos licitatórios e contratos no município de Correntina. 

O grupo também é acusado de desviar verbas públicas mediante pagamento de gratificações indevidas a servidores e realizar exigências ilícitas ao prefeito, inclusive entrega de propina de R$ 50 mil para alguns vereadores em troca da aprovação de projetos de lei.

Conforme despacho do juiz de direito Ricardo Augusto Shcmitt, da Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa, o STJ determinou ao vereador o pagamento de uma fiança no valor de R$ 30 mil para confirmar a soltura do investigado, que se encontrava preso em Santa Maria da Vitória.
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas