FEIRA DE SANTANA @ Adoção de tecnologias agilizará atendimento no Procon, diz prefeito durante reinauguração - Observador Independente

BAHIA

19 de septiembre de 2018

FEIRA DE SANTANA @ Adoção de tecnologias agilizará atendimento no Procon, diz prefeito durante reinauguração

Crédito da foto SECOM/FSantana
A sede do Procon de Feira de Santana, na rua Castro Alves, foi reaberta ao público na manhã desta terça-feira, 18.

A adoção de novas tecnologias pelo Procon, como aplicativos, facilitará o atendimento aos consumidores e vai agilizar ainda mais os resultados do trabalho realizado pelo órgão. A opinião é do prefeito Colbert Filho, durante a reinauguração do prédio do órgão em Feira de Santana.

A parte física foi reformada, os equipamentos modernizados e a capacidade de atendimento ampliada. A sede do Procon de Feira de Santana, na rua Castro Alves, foi reaberta ao público na manhã desta terça-feira, 18. Durante a intervenção, o órgão funcionou por alguns meses provisoriamente em uma casa alugada na mesma rua.

As novas tecnologias, que o órgão deverá se adaptar, disse o prefeito, ampliarão a capacidade de resposta às demandas dos consumidores, “que isolados se tornam presas fáceis para as empresas”. E o Procon deve estar preparado para fazer este serviço numa cidade que se destaca nas partes comercial e de serviços, setores que geram conflitos com consumidores.

De acordo com a superintendente interina do órgão, Nina Oliveira – a titular Suzana Mendes está em licença maternidade, a quantidade de atendimento diário, das 8h às 17h, será aumentada em até 80%: vai passar de 60 para cem. “Os cidadãos devem agendar dia e hora”, diz ela. Uma triagem observa se o problema é relacionado ao direito do consumidor.

A grande maioria das reclamações feitas é resolvida por telefone. Um servidor do órgão liga para a empresa reclamada e quase sempre se chega a um acordo satisfatório para as partes. Caso a proposta não seja aceita, marca-se audiência no Procon. Nova negativa e o caso é encaminhado à Justiça.

PMFS/SECOM

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.
VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas