FEIRA DE SANTANA @ Alta do dólar influencia o preço do pão - Observador Independente

BAHIA

4 de septiembre de 2018

FEIRA DE SANTANA @ Alta do dólar influencia o preço do pão

Crédito da foto Portal TV Cariri    




Nas últimas semanas o dólar ultrapassou R$ 4 e atingiu a maior média dos últimos três anos. Essa oscilação atinge de forma direta vários setores da economia, inclusive o preço de alguns alimentos. O pão é um desses alimentos e em Em Feira de Santana, o reajuste no valor do pão pode vir a acontecer porque grande parte da farinha de trigo utilizada para fabricação de pães ficou mais cara e é importada de outros países.

O vice-presidente do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Estado da Bahia, João Batista, explicou que 90% da farinha de trigo utilizada pela panificação da Bahia é importada. Há algum tempo o valor da farinha vem disparando e inclusive houve uma falta. João Batista informou sobre a variação do preço do pão na cidade e como está a qualidade do produto atualmente.
Foto: Rachel Pinto/Acorda Cidade

A Argentina acabou o trigo e onde Brasil compra mais trigo é na Argentina. Acabou e o Brasil foi buscar trigo nos EUA, no Canadá e até na Austrália. Nesses países o trigo é mais caro, ele custa mais. E é claro que com o aumento do dólar também subiu e isso com certeza influencia no aumento do preço do pão. Porque nós tínhamos mais de dois anos que não aumentávamos o preço do pão e nos vimos agora numa situação desse tipo que não se pode segurar o preço e aconteceu esse aumento. Também nos dois anos subiram os salários. Subiram os outros insumos que estão sendo colocados no pão. Sobem mais que os próprios salários. Subiu a energia, subiu a água também há uma série de coisas, coisas que tiveram um aumento muito grande e que os panificadores todos já haviam se queixado que o resultado é pequeno. Por isso agora eles estavam caindo para o vermelho e então foram obrigados a fazer um aumento no preço do pão, 
disse em entrevista ao site Acorda Cidade de Feira de Santana.

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas