FEIRA DE SANTANA @ Alta do dólar influencia o preço do pão - Observador Independente

BAHIA

4 de septiembre de 2018

FEIRA DE SANTANA @ Alta do dólar influencia o preço do pão

Crédito da foto Portal TV Cariri    




Nas últimas semanas o dólar ultrapassou R$ 4 e atingiu a maior média dos últimos três anos. Essa oscilação atinge de forma direta vários setores da economia, inclusive o preço de alguns alimentos. O pão é um desses alimentos e em Em Feira de Santana, o reajuste no valor do pão pode vir a acontecer porque grande parte da farinha de trigo utilizada para fabricação de pães ficou mais cara e é importada de outros países.

O vice-presidente do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Estado da Bahia, João Batista, explicou que 90% da farinha de trigo utilizada pela panificação da Bahia é importada. Há algum tempo o valor da farinha vem disparando e inclusive houve uma falta. João Batista informou sobre a variação do preço do pão na cidade e como está a qualidade do produto atualmente.
Foto: Rachel Pinto/Acorda Cidade

A Argentina acabou o trigo e onde Brasil compra mais trigo é na Argentina. Acabou e o Brasil foi buscar trigo nos EUA, no Canadá e até na Austrália. Nesses países o trigo é mais caro, ele custa mais. E é claro que com o aumento do dólar também subiu e isso com certeza influencia no aumento do preço do pão. Porque nós tínhamos mais de dois anos que não aumentávamos o preço do pão e nos vimos agora numa situação desse tipo que não se pode segurar o preço e aconteceu esse aumento. Também nos dois anos subiram os salários. Subiram os outros insumos que estão sendo colocados no pão. Sobem mais que os próprios salários. Subiu a energia, subiu a água também há uma série de coisas, coisas que tiveram um aumento muito grande e que os panificadores todos já haviam se queixado que o resultado é pequeno. Por isso agora eles estavam caindo para o vermelho e então foram obrigados a fazer um aumento no preço do pão, 
disse em entrevista ao site Acorda Cidade de Feira de Santana.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas