FEIRA DE SANTANA: Centro da cidade foi local com o maior número de homicídios em agosto de 2018 - Observador Independente

BAHIA

5 de septiembre de 2018

FEIRA DE SANTANA: Centro da cidade foi local com o maior número de homicídios em agosto de 2018

Só em agosto, foram mais de 119 armas de fogo apreendidas e 20 simulacros; foram apreendidos 194 quilos de drogas.
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

No mês de agosto em Feira de Santana ocorreram 32 homicídios. Entre as vítimas estão três mulheres e um menor de 18 anos, todos mortos a tiros. Em relação aos homens maiores de 18 anos, dois crimes foram praticados com uso de arma branca (facas) e os demais a tiros.

O centro da cidade foi o local com maior índice de homicídios no mês passado. As vítimas foram: Jadson Mendonça Santos, 35 anos; Valdinez dos Santos, 29; Marcos Pereira Souza,20; Osmar Franklin da Cunha, 32; e Rodrigo dos Anjos Santos, 34. Também foram registrados homicídios no Centro de Abastecimento, que está localizado próximo à área central de Feira.


Em agosto de 2018, também foi registrado, um latrocínio (roubo seguido de morte) e excludente (legítima defesa), totalizando 34 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) no município em 31 dias. Ainda no mês de agosto correram sete mortes em decorrência de ação policial.

O delegado Fabrício Linard, titular da Delegacia de Homicídios, informou ao Acorda Cidade que o ideal é que o índice de CVLIs esteja abaixo de 30 assassinatos por mês. Por conta do alto índice no primeiro semestre, os policiais de Feira de Santana não ficaram entre os 22,5 mil policiais da Bahia que foram contemplados com o Prêmio por Desempenho Policial (PDP), uma ação que valoriza e incentiva o trabalho das forças de segurança.

“Estamos lutando por essa redução dos índices de junho para cá. No primeiro semestre tivemos uma situação totalmente atípica, no qual tivemos em um mês 43 homicídios, por causa, principalmente de um final de semana, dias 16 e 17 de junho, no qual tivemos 16 homicídios em Feira de Santana e aí fechou junho com um número alto. Julho veio acima do índice normal com 36 homicídios, mas já menor que o mês anterior e agosto tivemos 32. Então se a gente considerar o trabalho que estamos fazendo de junho para cá estamos conseguindo reduzir estes números para a realidade do índice normal de Feira que é próximo de 30 ou abaixo de 30, que é o nosso desejo. Em agosto do ano passado foram 25 homicídios e neste ano houve este aumento, mas se nestes quatro meses que virão tiver redução em relação ao mesmo período de 2017 vai gerar até mesmo premiação por desempenho policial”, observou.
Dados levantados pelo repórter Aldo Matos

Áreas das Companhias Independentes da Policia Militar que registraram homicídios em agosto de 2018:

64 ª CIPM 08 assassinatos
65 ª CIPM 09 assassinatos
66 ª CIPM 11 assassinatos
67 ª CIPM 06 assassinatos

Alto índice de prisões e apreensões 

Segundo o Comando de Policiamento da Região Leste (CPRL), só em agosto, foram mais de 119 armas de fogo apreendidas e 20 simulacros; foram apreendidos 194 quilos de drogas; recuperados 137 veículos furtados ou roubados; realizadas 284 prisões em flagrante, além da lavratura de mais de 315 Termos Circunstanciados.

Fonte: Acorda Cidade
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas