ITAPETINGA @ Após morte de 200 jumentos, Justiça proíbe frigorífico de confinar animais acima da capacidade - Observador Independente

BAHIA

25 de septiembre de 2018

ITAPETINGA @ Após morte de 200 jumentos, Justiça proíbe frigorífico de confinar animais acima da capacidade

Decisão também estabelece que equinos só podem ser transportados ou recebidos se estiverem com a Guia de Trânsito Animal, emitida pela Adab / Foto : Reprodução / TV Sudoeste




A Justiça determinou que o frigorífico responsável pelo abate de jumentos de uma empresa chinesa em Itapetinga, no sudoeste do estado, não adquira e nem confine os animais em quantidade maior que a capacidade do estabelecimento. A decisão foi divulgada ontem (24).

Os jumentos pertencem à empresa Cuifeng Lin e são abatidos pelo Frigorífico Regional Sudoeste. No início de setembro, 200 animais morreram por maus-tratos na fazenda de criação da empresa. 

A decisão judicial estabelece que o frigorífico não pode transportar ou receber equinos que estejam sem a Guia de Trânsito Animal, emitida pela Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab).

Além disso, tanto o frigorífico quanto a Cuifeng Lin deverão assegurar o bem-estar dos jumentos. Caso descumpram a ordem, as empresas poderão ter as atividades suspensas.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas