JUAZEIRO @ MORADORES DE RUA E USUÁRIOS DE DROGAS TOCAM TERROR NO PRÉDIO ABANDONADO DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA - Observador Independente

BAHIA

26 de septiembre de 2018

JUAZEIRO @ MORADORES DE RUA E USUÁRIOS DE DROGAS TOCAM TERROR NO PRÉDIO ABANDONADO DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA

Crédito da foto : Geraldo José / Blog    





Na última segunda-feira, dia 24, teve início a novena em louvor a Nosso Senhor dos Aflitos, padroeiro da Santa Casa de Misericórdia, cujo prédio foi inaugurado em 02 de outubro de 1892. Contudo, um fato lamentável está colocando em risco essa tradição religiosa e secular em nossa cidade.

Segundo moradores e comerciantes das redondezas da Santa Casa a presença constante de moradores de rua e usuários de drogas que se apossaram do prédio da entidade em função do abandono das instalações está promovendo uma série de transtornos e prejuízos ao setor comercial na área central da cidade.

Uma moradora que pediu para não ser identificada, exatamente por temer represálias, entrou em contato com o Blog Geraldo José para solicitar a presença de membros da Guarda Municipal “afinal de contas se trata de patrimônio público e a função da Guarda Civil Municipal é de preservá-lo” ressaltou a denunciante.

“Eles fazem fogueira em frente ao prédio onde cozinham seus alimentos, tomam banho na fonte da Praça da Misericórdia, fazem sexo explicitamente sem se preocupar com os transeuntes e ainda intimidam as pessoas que reclamam” acrescentou a moradora.

“Meu temor é que esta área, em pleno centro de Juazeiro, principalmente ponto comercial da cidade, se transforme numa cracolândia” concluiu preocupada a moradora.



Geraldo José 

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.
VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas