JUAZEIRO @ SECA E CALOR NÃO DARÃO TRÉGUA AOS MORADORES DE JUAZEIRO E PETROLINA - Observador Independente

BAHIA

11 de septiembre de 2018

JUAZEIRO @ SECA E CALOR NÃO DARÃO TRÉGUA AOS MORADORES DE JUAZEIRO E PETROLINA

Crédito da foto / Geraldo José   Blog




Não há previsão para o fim da estiagem. O tempo vai continuar quente e seco durante toda a semana. A umidade relativa do ar, em Juazeiro e Petrolina continua baixa, mínima em torno de 20%. Os termômetros vão continuar ultrapassando os 32ºC. Há meses sem chuva só existe previsão para outubro.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) afirma que umidade no ar ao atingir 20%, a situação climática aumenta os riscos de incêndio e para a saúde, como ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz. Para aliviar a sensação da seca, recomenda-se a ingestão de bastante líquido, uso de hidratantes para pele, umidificação do ambiente. Além disso, atividades físicas intensas e exposição ao sol devem ser evitadas.

Com a falta de chuva, o reservatório de Sobradinho, na Bahia, opera com 700m³/s e deverá aumentar para 720m³/s no final de setembro, para manter o nível mínimo de 20% em Itaparica, em Pernambuco, enquanto que a média de Xingó, em Alagoas, permanece em de 598m³/s. 

Diante dos números, até o dia 1º de outubro, o volume útil de Três Marias deve sair de 38,81% atualmente para 35,34%; em Sobradinho, de 28,55% para 25,57%; e Itaparica, de 21,83 para 20,18%.


Blog Foto Geraldo José

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas