LIVRAMENTO DE N. SENHORA @ PM acha esconderijo dos suspeitos de atacar carro-forte na BR-116; um morre - Observador Independente

BAHIA

19 de septiembre de 2018

LIVRAMENTO DE N. SENHORA @ PM acha esconderijo dos suspeitos de atacar carro-forte na BR-116; um morre

Crédito da Foto: leitor



Um dos integrantes da quadrilha suspeita de explodir um carro-forte na BR-116, na segunda-feira (17/9), morreu em confronto com policiais militares no município de Livramento de Nossa Senhora, a 605 km de Salvador, nesta quarta-feira (19/9).

Agentes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Sudoeste) disseram que os assaltantes foram localizados em uma fazenda na região. Ao chegarem no local, os militares foram recebidos a tiros. Um criminoso que não teve a identidade divulgada foi baleado e levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Até a publicação desta reportagem, os detalhes da ocorrência estavam sendo apurados. A PM informou ainda que, com o suspeito, foram encontradas armas e muita droga.

CASO

O assalto aconteceu por volta das 17h30. Segundo informações da PM, policiais da 79ª Companhia Independente foram informados de que o carro-forte havia sido interceptado por indivíduos e que houve disparos de arma de fogo.

Havia quatro profissionais no momento do ataque. Dois deles foram atingidos e um não resistiu aos ferimentos. Os policiais fizeram o isolamento da área e solicitaram os agentes do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.
VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas