SALVADOR @ ACM Neto divulga atração inédita no Réveillon de Salvador e quem vai comandar show da virada - Observador Independente

BAHIA

10 de septiembre de 2018

SALVADOR @ ACM Neto divulga atração inédita no Réveillon de Salvador e quem vai comandar show da virada

Crédito da foto / Secom / Arquivo / Divulgação 




A cantora Ivete Sangalo foi confirmada como atração principal do show da virada no Réveillon de Salvador, no dia 31. A informação foi divulgada pelo prefeito ACM Neto (DEM), durante entrevista na Rádio Sociedade. Na oportunidade, o gestor soteropolitano também confirmou outra atração do Festival Virada Salvador, o cantor Fábio Júnior, no mesmo dia.

Segundo o prefeito, a grade do Réveillon na capital baiana já está fechada. “Nos últimos anos, conseguimos 100% de ocupação na hotelaria, além da geração de emprego e renda com o evento. Serão cinco dias de festa na Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio”, ressaltou o prefeito. A grade completa ainda será anunciada em breve.

No ano passado, o réveillon em Salvador foi o último show de Ivete antes do parto das gêmeas Marina e Helena. Depois da queima de fogos, a artista pediu um banquinho à produção e fez parte do show sentada. “Vocês se incomodam se eu fizer o show sentadinha? Vai ser um acústico chamado o couro vai comer! Isso é a barriga que tá pesando, me dê um banquinho aí...”, disse.

Na mesma entrevista, o prefeito ressaltou a importância do novo Centro de Convenções de Salvador, que fica na área vizinha ao espaço do Réveillon. O local deve movimentar e aquecer toda a cadeia das duas principais atividades econômicas da cidade: o turismo de eventos e o setor de negócios. “No ano que vem, quando o equipamento começar a funcionar, os taxistas, garçons, empresários e comerciantes serão beneficiados”, afirmou.

ACM Neto reforçou que não há a necessidade da construção de um outro Centro de Convenções na cidade. “Não precisamos de 2 centros de convenções. O que estamos fazendo é multiuso e tem capacidade para grandes eventos”. Ele salientou que a decisão de construir o equipamento na Boca do Rio, na área do antigo Aeroclube, foi tomada porque o governo estadual abandonou o empreendimento que funcionava no bairro de Armação. 

“Alertamos para a situação precária do antigo Centro de Convenções bem antes do desabamento, mas o governo não tomou nenhuma iniciativa e não quis fazer nada. Sinceramente, acho que o diálogo com o governo deveria ser mais construtivo, o que resultaria em avanços para a cidade”, declarou o prefeito, aconselhando o estado a aplicar os recursos previstos para um segundo equipamento na área da segurança pública.



bocãonews
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas