SALVADOR @ Baianos sofrem com atendimento do plano Unimed em Salvador - Observador Independente

BAHIA

28 de septiembre de 2018

SALVADOR @ Baianos sofrem com atendimento do plano Unimed em Salvador

Crédito da foto : Pacto Engenharia de Consultoria / Reprodução  



Usuários baianos do plano de saúde Unimed Norte/Nordeste enfrentam uma via crucis para serem atendidos em Salvador. A resposta das unidades de saúde e dos médicos é sempre a mesma: que o atendimento está suspenso.

A Unimed Norte/Nordeste operacionaliza planos de saúde desde 1977. Em seu site, o grupo afirma que usuários contam com uma grande estrutura, mas a realidade para alguns baianos está sendo diferente.

Pelo menos é o relato de uma empresária baiana, que procurou o site BNews para denunciar a situação. Ao site, ela afirma que os problemas começaram quando a Unimed comprou o Camed Vida. Hoje, a irmã dela sofre para encontrar um hospital credenciado em Salvador. 

Na época foi prometido que toda a rede credenciada seria mantida, mas não é isso que estamos vendo. Apenas o valor da mensalidade continua o mesmo, com todas as atualizações anuais que os planos fazem. Minha irmã foi diagnosticada com câncer de mama e está precisando de cirurgia. Na primeira semana de setembro, o Unimed informou que os hospitais credenciados eram Hospital Cárdio Pulmonar, Hospital Santa Izabel e Hospital da Sagrada Família. Nós demos entrada em toda papelada lá no Cárdio, mas o hospital nos disse que não estava mais atendendo por falta de pagamento. Não está regular com as clínicas e hospitais por falta de pagamento. A cada semana a rede credenciada é uma, 
reclama.

Ainda segundo a empresária, após ocorrido, a família soube que o Hospital Português voltou a oferecer atendimento. “Estão fazendo essa jogada e cada semana é uma rede credenciada diferente. E ficamos nessa situação... Parece que vai ser atendida no Português, que voltou a atender por esses dias. A gente está dando entrada na documentação para ver se vai ser autorizado. Estamos naquele clima de insegurança porque a Unimed não tem credibilidade com os estabelecimentos”, reclama a empresária.

Nas redes sociais, a reclamação de usuários é grande. Muitos afirmam que os reajustes do plano não são compatíveis com a qualidade do serviço oferecido. “Aqui na Bahia não está atendendo em quase lugar nenhum, afirma um usuário do plano. Um outro contou que "há cinco meses tenta autorização para cirurgia do filho".

A reportagem tentou contato com a assessoria do plano de saúde, mas as chamadas não foram atendidas, nem retornadas.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas