SALVADOR @ Final de campanha contra pólio e sarampo tem Dia D em Salvador; Bahia está entre menores índices de vacinação do país - Observador Independente

BAHIA

1 de septiembre de 2018

SALVADOR @ Final de campanha contra pólio e sarampo tem Dia D em Salvador; Bahia está entre menores índices de vacinação do país

Campanha de vacinação em Salvador (Foto: Divulgação/SMS)




Imunização vai ter um dia a mais, encerrando no sábado (1º), porque município não atingiu a meta estipulada pelo Ministério da Saúde. Estado vacinou 71,27% do público alvo, enquanto capital imunizou 53% das crianças.

O final da campanha de vacinação contra o sarampo e a poliomielite será marcado com um novo "Dia D", em Salvador, no sábado (1º). A Bahia é o 7º estado no ranking nacional com menores índice de vacinação no país, liderado pelo Rio de Janeiro, segundo o Ministério da Saúde.

Este será o segundo 'Dia D' nesta campanha. A primeira foi no dia 18 de agosto, e acabou com baixa procura.

Na capital baiana, a nova mobilização será das 8h às 17h deste sábado, dia 1º. O Dia D será realizado em 82 pontos de vacinação, entre postos de saúde, igrejas, escolas, associação de moradores, supermercados e prefeituras-bairro, que são locais com grande circulação de pessoas. 

Além disso, 24 agentes farão o atendimento casa-a-casa nas localidades que possuem pouca assistência ou são de difícil acesso. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) não especificou quais são esses locais.

Na capital baiana, o último balanço divulgado pela SMS aponta que das 134 mil crianças entre 1 e 5 anos, aproximadamente 71 mil compareceram aos postos para tomar as doses. Esse total correponde a apenas 53% de cobertura prevista.

No estado, o último balanço divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) é de que 71,27% da população alvo já foi vacinada. Esse número representa 606.606 crianças imunizadascontra a poliomielite e 600.973 contra o sarampo.

As ações de vacinação terminariam nesta sexta-feira (31), mas foram estendidas para o dia 1º de setembro nos municípios que não atingiram a meta, como Salvador. A campanha nacional de vacinação contra o sarampo e a poliomielite começou no dia 6 de agosto, e apresenta baixa adesão na cidade, desde o início.
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas