SALVADOR @ Mais de 30h após protesto por morte de jovem, ônibus seguem sem circular em rua do Jardim das Margaridas - Observador Independente

BAHIA

16 de septiembre de 2018

SALVADOR @ Mais de 30h após protesto por morte de jovem, ônibus seguem sem circular em rua do Jardim das Margaridas

30 horas após bandidos terem incendiado ônibus população ainda sofre sem transporte
Crédito da foto : Arquivo Pessoal    




Coletivo foi incendiado durante manifestação, na manhã da sexta (14). Rodoviários temem novo ataque e suspenderam operação na localidade temporariamente. Policiamento foi reforçado.

Os ônibus seguem sem circular na Rua Joaquim Ferreira, no bairro do Jardim das Margaridas, em Salvador, na tarde deste sábado (15), mais de 30h após o protesto que acabou com um coletivo incendiado na localidade.

A manifestação foi motivada pela morte do jovem Jairo Pereira Figueiredo, de 21 anos. Ele foi baleado dentro do condomínio onde morava, durante uma ação da Polícia Militar.

Em nota, a PM informou que houve um confronto com criminosos e que um deles acabou atingido e não resistiu. No entanto, familiares da vítima denunciam ataque a tiros.

O grupo realizou a manifestação por volta das 9h30 da sexta-feira (14), pouco tempo depois da ação. Desde então, os ônibus deixaram de rodar na localidade. O policiamento também foi reforçado na região.
Policiamento foi reforçado na região — Foto: Juliana Cavalcante/TV Bahia


Segundo o diretor de imprensa do Sindicato dos Rodoviários de Salvador, Daniel Mota, a circulação de coletivos foi suspensa para manter a segurança do serviço. Os coletivos estão fazendo parada na entrada da localidade, na região do condomínio onde a vítima morava.

A partir do ponto, os moradores seguem a pé. A distância é de cerca de 500 metros, segundo o Sindicato. Ainda não há previsão de quando serviço será retomado na região.

Com o incêndio no coletivo, algumas fiações das redes elétrica e de telefonia da localidade foram atingidas. Técnicos trabalharam no local neste sábado para restabelecer os serviços.
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas