SALVADOR @ Ministério Público abre inquérito para apurar contratação de Kannário no Carnaval de Salvador - Observador Independente

BAHIA

18 de septiembre de 2018

SALVADOR @ Ministério Público abre inquérito para apurar contratação de Kannário no Carnaval de Salvador

Crédito da foto : Metro 1   




O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), por meio da 4ª Promotoria de Justiça da Cidadania da Capital, instaurou um inquérito civil para apurar a contratação do cantor vereador Igor Kannário (PHS) no Carnaval de Salvador 2017 pela prefeitura.

Inicialmente, o MP-BA havia instaurado um procedimento investigativo preliminar, mas decidiu converter o caso em inquérito civil nesta segunda-feira (17).

O pagodeiro tinha três apresentações previstas na folia deste ano, mas depois que criticou o prefeito ACM Neto e a Polícia Militar, acabou cancelando o que seria seu terceiro show em Periperi. Para justificar o cancelamento, o cantor divulgou um atestado médico informando que estava com faringite.

No Diário Oficial do Município, foi publicada pela prefeitura a retificação do contrato firmado com empresa RS Music Produções Eireli, que possui a exclusividade do artista. Em vez de receber R$ 90 mil, o pagodeiro ficou apenas com R$ 60 mil.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas