SALVADOR @ Mulher de 30 anos desaparece após sair de casa para trabalhar no subúrbio de Salvador - Observador Independente

BAHIA

22 de septiembre de 2018

SALVADOR @ Mulher de 30 anos desaparece após sair de casa para trabalhar no subúrbio de Salvador

Tatiane Gomes Silva sumiu depois que saiu de casa para o trabalho — Foto: Reprodução/TV Bahia




Uma mulher de 30 anos, moradora do subúrbio de Salvador, desapareceu após sair de casa para trabalhar na quinta-feira (20) pela manhã, em São Tomé de Paripe.

Desde então, dona Joanice, a mãe dela, vem passando os dias amparada pelos filhos. Juntos, os irmãos de Tatiane Gomes Silva tentam acalmar o coração aflito da mãe, que está há dois dias sem notícias da filha caçula.

Os parentes contam que na quinta-feira, quando sumiu, Tatiane seguiu a rotina de todos os dias. Saiu de casa por volta de 8h e foi andando até o ponto de ônibus na Estrada da Base Naval. Uma testemunha contou para família que viu Tatiane descer em um ponto mais adiante do que deveria saltar para ir ao trabalho.

A mãe conta que Tatiane estava feliz porque conseguiu um emprego, há três meses, em uma confecção de roupas no mesmo bairro em que mora.

Um dos irmãos destaca que Tatiane é caseira e só costumava sair, nos fins de semana, para igreja. “Ela não sai muito. Ela é muito responsável mediante o que ela faz. Então, quando ela conseguiu esse trabalho aí, ela foi trabalhar como ela faz todos os dias, rotineiro, e de casa pro trabalho”, relata Joilson Gomes.

O celular dos irmãos não para de tocar. Amigos também estão em busca de notícias sobre o paradeiro de Tatiane. “Estivemos na delegacia, na Pituba, e deu uma lista pra gente dos hospitais que a gente poderia percorrer e procurando informação se ela estava por lá, inclusie o IML. Fizemos isso durante o dia todo e não tivemos nenhum êxito relacionado a informação. Então, voltamos pra casa, para voltar na delegacia para formalizar a pesquisa que a gente fez nos hospitais", finaliza Joilson.

A família conta que Tatiane não tem filhos, nem namorado. Dona Joanice desabafa dizendo que não aguenta mais a falta de informações. Ela diz que antes de Tatiane sair de casa, deu a bênção à filha e hoje pede, em orações, para que ela volte o mais depressa para acalmar o coração de toda família. "Peço para as pessoas que viram ela para me dar notícias", apela a mãe.
Dona Joanice, mãe de Tatiane, faz apelo para encontrar a filha — Foto: Reprodução/TV Bahia

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.
VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas