SALVADOR @ Polícia prende traficante que tentava embarcar caminhão com drogas no ferry boat - Observador Independente

SALVADOR @ Polícia prende traficante que tentava embarcar caminhão com drogas no ferry boat

Compartilhar
Crédito da Foto: Divulgação SSP-BA



A Polícia Civil, através da Coordenação de Operações Especiais (COE) interceptou, na noite desta quinta-feira (20/9), o líder do tráfico de drogas, no bairro de Fazenda Grande do Retiro, com 52 kg de maconha, no terminal do Ferry Boat. Segundo a SSP-BA, o criminoso levaria droga de Salvador para Ilha de Vera Cruz e usava caminhão que presta serviço para Prefeitura de Salvador.

Ainda de acordo com a SSP-BA, os policiais civis chegaram até Humberto Santos Gomes, 32 anos, o ‘Papel’, durante levantamentos para mais uma etapa da operação Conhecer, Operar e Aproximar (COA). O criminoso, preso em 2011 por assassinato, possuía dois mandados de prisão em aberto por homicídio e tráfico de drogas.

Com ações de inteligência, no bairro de Fazenda Grande do Retiro, os investigadores da COE descobriram que Papel e comparsas distribuíam drogas, na Ilha. A quadrilha usava um caminhão que presta serviço para a Secretaria Municipal de Manutenção, pois não chamava atenção em blitze.

Quando Papel e o comparsa Wellington de Oliveira Santos, 32, que já foi preso por receptação, se preparavam para embarcar com destino a Barra do Gil, levando os entorpecentes, acabaram surpreendidos. No baú do caminhão, os policiais civis da COE encontraram 52 kg de maconha prensada.

Em nota oficial, a Prefeitura de Salvador prestou esclarecimentos sobre o envolvimento do caminhão neste caso.

Confira na íntegra:

A Prefeitura de Salvador informa que o caminhão apreendido pela polícia nessa quinta-feira (20), sob o controle de traficantes e transportando 52 quilos de maconha, não pertence ao município.

Em razão de, nas portas do veículo, haver a marca da Secretaria Municipal de Manutenção (Seman) afixada por imãs, as empresas prestadoras de serviços de transporte foram questionadas.

Nessa apuração feita pela Seman, verificou-se que se trata de um veículo particular subcontratado de forma irregular pela empresa Roble para realizar o transporte de materiais de construção destinados a uso em obras de escadarias na Capelinha de São Caetano.

Diante do procedimento fora dos padrões contratuais, a Prefeitura de Salvador, por meio da Seman, vai tomar as medidas cabíveis contra a Roble, que jamais deveria possibilitar o uso da marca institucional em veículos sem o devido contrato com o município.

Post Bottom Ad

VivaABahia