SALVADOR @ Protesto de moradores por conta da falta de água deixa trânsito congestionado na Av. Heitor Dias - Observador Independente

BAHIA

11 de septiembre de 2018

SALVADOR @ Protesto de moradores por conta da falta de água deixa trânsito congestionado na Av. Heitor Dias

Protesto na Avenida Heitor Dias, em Salvador (Foto: Reprodução/ TV Bahia)




Um protesto de moradores deixou o trânsito bastante congestionado na Avenida Heitor Dias e nas vias de acesso ao local, na tarde desta terça-feira (11). A manifestação é por conta de uma falta de água nos bairros do Barbalho, Macaúbas, Baixa de Quintas Caixa D'água e Matatu, e nas localidades da Sete Portas e Dois Leões, provocada por um vazamento na região da Estrada da Rainha.

O protesto foi finalizado por volta das 15h10. No entanto, segundo a Transalvador, às 15h30, ainda deixava reflexo e lentidão em vias como Acesso Norte, Barros Reis e ACM -- região do Detran --, no sentido Sete Portas, além da Heitor Dias.

Conforme o órgão de trânsito, a manifestação foi iniciada por volta das 14h40. Na manhã desta terça, o grupo já havia feito um protesto no mesmo local, o que também deixou o trânsito complicado na região.

Em nota, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) informou que o abastecimento de água na região foi interrompido na manhã desta terça, para serem feitas correções de vazamentos na Estrada da Rainha.

Conforme a Embasa, a conclusão dos serviços de reparos está prevista para o final desta tarde. A empresa não informou, no entanto, se o abastecimento será retomado logo após o conserto.

Problemas

A Embasa informou que problemas no fornecimento de água da área foram relatados pelos moradores desde o sábado (8). No domingo (9), técnicos estiveram no local para investigar e descobriram vazamentos, que foram consertados na segunda-feira (10).

Depois dos reparos, no entanto, a pressão da rede de água não foi regularizada. A partir disso, técnicos encontraram novos pontos de vazamento não aparentes, durante esta madrugada, e seguem na região para que o serviço seja regularizado.
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas