SALVADOR @ Quatro carcaças de barcos e objetos são removidos da praia do Rio Vermelho - Observador Independente

BAHIA

15 de septiembre de 2018

SALVADOR @ Quatro carcaças de barcos e objetos são removidos da praia do Rio Vermelho

Crédito da foto : ATarde online    



Neste sábado (15), quatro carcaças de barc os da praia do Rio Vermelho, da Colônia de Pescadores à Praia da Paciência, em Salvador, além de mais de 20 pneus e outros objetos, como carrinhos de supermercados deixados no local.

Os proprietários haviam sido notificados durante a semana, mas não tomaram nenhuma providência. As embarcações estavam deterioradas e em situação de abandono. As carcaças recolhidas foram removidas para o setor de Guardas e Bens, localizado na Avenida San Martin. Quem tiver interesse, pode reaver o material em um prazo de até 60 dias, pagando multa no valor que varia entre R$ 855,77 a R$ 1,1 mil. 

A ação da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) contou com a participação da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), que atuou na abordagem social à população em situação de rua; da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), com o recolhimento dos resíduos sólidos na areia da praia; do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), no combate à ratos, focos e criadouros do Aedes aegypti, além da 12ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e 7ª Delegacia de Polícia Civil.

No total, mais de 40 agentes participaram da operação, que também contou com a presença de representantes da Associação dos Moradores e Amigos do Rio Vermelho (Amarv), da Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (FeBHA) e da Prefeitura-Bairro Barra/Pituba. 

“Esta ação conjunta tem como objetivo melhorar a estética da orla da cidade retirando carcaças de barcos em desuso e evitar a proliferação de insetos e roedores nesses locais”, afirma o secretário de Ordem Pública, Marcus Passos.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas