SALVADOR @ Segue sem solução caso de desaparecimento de comerciária ocorrido no Subúrbio - Observador Independente

BAHIA

26 de septiembre de 2018

SALVADOR @ Segue sem solução caso de desaparecimento de comerciária ocorrido no Subúrbio

Crédito da foto: Divulgação / Arquivo pessoal     



Segue sem solução o caso do desaparecimento de Tatiane Gomes Silva, de 30 anos, ocorrido desde a manhã da última quinta-feira (20/9), quando ela saiu de casa com destino à loja onde trabalha, no bairro de Paripe, Subúrbio de Salvador.

O irmão dela, Joílson Gomes, informou ao Aratu Online que, apesar de o caso estar sendo investigado pela Polícia Civil, até o momento, não existem pistas do seu paradeiro. Ele contou que a família tem recebido, pelo WhatsApp, fotos de corpos, sugerindo que sejam de Tatiane, mas quem envia não se identifica. “Isso é coisa de quem não repeita o sentimento do outro”, lamentou.

Ontem (25/9), Joílson esteve no IML de Salvador para fazer o reconhecimento de um corpo, mas constatou que não era da irmã. “Se tratava de uma jovem que estava desaparecida e foi localizada em Simões Filho“, disse.

A família continua apreensiva e tentando encontrar alguma informação que possa estar relacionada ao sumiço. “A gente tá, inclusive, buscando ver se ela estava namorando alguém que não era do nosso conhecimento”, concluiu o irmão de Tatiane.

O Caso

Tatiane saiu de casa, no bairro de São Tomé de Paripe, em Salvador, por volta das 8h, para ir trabalhar em uma loja que ela abre e toma conta, mas naquele dia ela não chegou ao local.

Familiares informaram que o sumiço dela foi verificado pela dona do estabelecimento que, sempre, passa na loja no início da noite, quando foi informada pelos comerciantes vizinhos de que Tatiane não havia aparecido.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas