SALVADOR @ SENTIMENTO DA POPULAÇÃO # “Não confio na polícia da Bahia”, diz mulher gravada em vídeo brigando com PM em UPA - Observador Independente

BAHIA

12 de septiembre de 2018

SALVADOR @ SENTIMENTO DA POPULAÇÃO # “Não confio na polícia da Bahia”, diz mulher gravada em vídeo brigando com PM em UPA

Crédito da Foto: leitor



A mulher gravada brigando com um policial militar na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Marcos, em Salvador, tem medo de expor o rosto. Luciene da Paixão dos Santos, 37 anos, conversou com a reportagem do site Aratu Online sobre o caso, registrado na terça-feira (11/9). “Não confio na polícia da Bahia”, resume.

Luciene afirma que o estado do pai, que chegou à unidade com dores fortes por conta de uma úlcera na perna, piorou após a briga com o policial, identificado por ela como Timóteo, um cabo da 50ª Companhia Independente (CIPM/Sete de Abril). “A pressão dele foi de 20/10 para 21/10”.

Ela ainda relata que a abordagem do policial foi agressiva no momento do registro. Isso porque o militar tentou tomar o celular da irmã, que filmava a briga. Após passar pela triagem e o senhor ser classificado como “urgente – prioridade 3”, Luciene recorda que a família aguardou por mais de 40 minutos, quando decidiu reclamar da espera.

Ela pontua que, quando questionou a demora, a recepcionista do local disse que o senhor,
não é prioridade em lugar nenhum do SUS [Sistema Único de Saúde].
Luciene registrou reclamação na ouvidoria do SUS e pretende procurar a Defensoria para prestar queixa do caso. Ela diz que a recepcionista da UPA agiu com descaso. 

“Estava fazendo pouco, rindo da cara do meu pai”. No momento do conflito, a recepcionista, que estava sem crachá, foi substituída por outra pessoa. “Não me deixaram ver o nome dela, esconderam ela do vídeo”, denuncia.

Por meio de nota, a Polícia Militar afirmou que a corporação irá apurar a conduta dos policiais que atenderam a ocorrência, e que a corporação foi acionada por haver erro na classificação do paciente. A PM pontuou ainda que “a situação foi solucionada logo após avaliação médica”.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas