SALVADOR @ Travessia Ribeira-Plataforma tem movimento tranquilo em primeiro dia após reabertura - Observador Independente

BAHIA

1 de septiembre de 2018

SALVADOR @ Travessia Ribeira-Plataforma tem movimento tranquilo em primeiro dia após reabertura

Parada há quase um ano, a travessia marítima entre os bairros da Ribeira e Plataforma, em Salvador, foi retomado na manhã deste sábado (1°). Crédito da foto - Vagner Souza/BNews 





Nas primeiras horas, após a retomada do serviço, o movimento de passageiros foi tranquilo nos dois terminais. De acordo com Bruno Carvalho, agente de trânsito da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), o tempo entre uma viagem e outra não ultrapassava 20 minutos. “Hoje estamos transportando em média 25 passageiros por viagem. Estamos acompanhando no decorrer do dia como vai ser esse fluxo, no entanto estamos preparados para atender uma demanda bem grande”, explicou.

Neste primeiro final de semana depois da reabertura, o serviço é oferecido sem cobrança de tarifas aos usuários. Quem aproveitou a gratuidade para visitar os amigos em Plataforma foi o comerciante Roque Almeida. "Esse período que ficou parada, eu senti muito, porque eu tinha que pegar ônibus e o tempo da viagem é muito maior. Agora com o retorno vai facilitar bastante a vidas das pessoas que precisam fazer esse percurso, assim como eu”, ressaltou.

A partir de segunda-feira (3), os passageiros terão que desembolsar R$ 2,10. Antes a tarifa custava R$ 1,30. Apesar do reajuste no valor da tarifa, para a dona de casa, Luciene Messias, o que importa é o serviço oferecer segurança aos usuários. “Tendo segurança para o povo, com as embarcações todas em dias, não importa o valor, o que fato importa é a segurança”, frisou.

Ainda de acordo com a dona de casa, o retorno do serviço vai beneficiar os estudantes que moram em Plataforma e estudam na Ribeira. "Depois que as lanchas pararam de fazer a travessia esses alunos estavam chegando atrasados na aula. Por isso, todas as vezes que eu passava aqui na frente do terminal, ficava torcendo para voltar a funcionar logo”, acrescentou Luciene que aproveitou o sábado para levar a filha de 14 anos para conhecer o serviço.

Quem também estava contando os dias para a que a travessia voltasse a ser realizada foi a aposentada Silvia da Silva. "Eu senti muita falta, porque eu atravessava muito para ir à igreja do Bonfim. Ainda bem que voltou, porque tem muita gente que mora lá em Plataforma e trabalha aqui na Ribeira e essas pessoas estavam pegando ônibus", afirmou.

Com autorização para operar por 90 dias, o serviço funcionará de 6h às 19h, com tempo médio de viagem de 5 a 8 minutos - travessia de aproximadamente um quilômetro. O transporte será feito pela empresa Catamarantur Serviços de Turismo EIRELI, que venceu o chamamento público feito pela Semob.

A empresa vencedora colocará à disposição dos interessados três embarcações - todas com coletes salva-vidas -, sendo dois barcos de madeira, um com capacidade para 90 pessoas, e o outro para 50, e um catamarã de fibra podendo transportar até 227 passageiros.

Crédito da foto - Vagner Souza/BNews 


Segundo a secretaria, o terminal de Plataforma passou por reformas de pintura, novo telhado e mudanças do píer. A travessia será feita por três embarcações, sendo dois barcos de madeira. As capacidades são de 50, 90 e 227 pessoas.



Diego Vieira - Bocão News

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas