CAMAÇARI @ Baralho do Crime: 8 de Copas e comparsa morrem em confronto com a polícia em Jauá - Observador Independente

BAHIA

9 de octubre de 2018

CAMAÇARI @ Baralho do Crime: 8 de Copas e comparsa morrem em confronto com a polícia em Jauá

Crédito da foto : Divulgação/SSP-BA





O 8 de Copas do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública, Lucas Oliveira de Jesus, o 'Albiere' ou 'Fazenda', morreu em confronto com equipes das polícias Militar e Federal na praia de Jauá, no município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. Um comparsa do traficante, ainda não identificado, também morreu durante a operação. 

Segundo a SSP, Albiere, liderava o tráfico de drogas nas cidades de Camaçari e Simões Filho. A polícia localizou o bandido por meio de denúncias e monitoramentos. O criminoso, envolvido também com homicídios e roubos, estava escondido na região. 

Ainda segundo a SSP, durante a aproximação das equipes da PM e PF, a dupla efetuou disparos e acabou atingida no confronto. Eles foram socorridos para o hospital Menandro de Faria, em Lauro de Freitas, mas não resistiram aos ferimentos. 

Com os criminosos os policiais apreenderam uma pistola calibre 380, um revólver calibre 38, meio quilo de maconha e um veículo.

Participaram da ação guarnições das Rondas Especiais (Rondesp) Região Metropolitana de Salvador (RMS), das 53ª (Mata de São João) e 59ª (Vilas de Abrantes) CIPMs e da PF.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas