CAMAÇARI # ELEIÇÕES 201'8 # PRE pede impugnação de Luiz Caetano - Observador Independente

BAHIA

11 de octubre de 2018

CAMAÇARI # ELEIÇÕES 201'8 # PRE pede impugnação de Luiz Caetano

Agora, o recurso vai ser apreciado pelo TSE, a quem caberá decidir se o registro da candidatura será impugnado ou não. Crédito da foto : Cleia Viana/Câmara dos Deputados






Reeleito deputado federal, Luiz Caetano (PT) pode não assumir o novo mandato. Por meio de recurso, o Ministério Público Eleitoral (MPF), através da Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE-BA), pediu a impugnação da candidatura do petista por inelegibilidade. 

O candidato foi condenado por improbidade administrativa por desviar recursos públicos, enquanto ainda era prefeito de Camaçari, e teve os seus direitos políticos suspensos por cinco anos, se tornando inelegível. 

A PRE-BA já havia pedido a impugnação do requerimento de registro da candidatura de Caetano quando foi formulado pela coligação “Time do Trabalho por toda a Bahia”. Contudo, durante o julgamento do registro TRE-BA, foi apresentada a informação de que a presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), em decisão publicada em 22 de agosto de 2018, admitiu recurso especial à condenação por improbidade, suspendendo seus efeitos. 

Com isso, foi afastada a hipótese de inelegibilidade de Caetano. No entanto, o recurso foi negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), em terceira instância, e o candidato tornou-se inelegível novamente.

Agora, o recurso vai ser apreciado pelo TSE, a quem caberá decidir se o registro da candidatura será impugnado ou não, e consequentemente, se o político será diplomado como deputado federal.



metro1

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.
VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas