FEIRA DE SANTANA @ CAOS NA SEGURANÇA PÚBLICA # Mais de 100 detentos já deixaram presídio de Feira para prisão domiciliar após decisão da Justiça - Observador Independente

BAHIA

2 de octubre de 2018

FEIRA DE SANTANA @ CAOS NA SEGURANÇA PÚBLICA # Mais de 100 detentos já deixaram presídio de Feira para prisão domiciliar após decisão da Justiça

Conjunto Penal de Feira de Santana / Crédito da foto : Foto: Almir Melo / TV Subaé




Juiz determinou que 320 detentos internos do regime semiaberto cumpram prisão domiciliar. Ele alegou falta de estrutura do presídio para abrigar os presos do regime semiaberto.


Subiu para 114 o número de detentos do regime semiaberto do Conjunto Penal de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador, liberados para cumprir prisão domiciliar, até esta segunda-feira (1º).

Os presos deixaram a unidade após determinação da Justiça. Além deles, outros 206 tiveram a saída autorizada. A decisão é do juiz Waldir Viana Ribeiro Júnior, titular da Vara de execuções penais de Feira de Santana. Desde a semana passada que as saídas ocorem.

De acordo com informações do diretor do presídio, capitão PM Allan Silva, até esta segunda, 132 mandados de liberação foram entregues pela Justiça. Outros devem chegar nos próximos dias.

Contudo, ainda conforme o capitão Allan, nem todos os detentos liberados poderão sair, porque respondem a outros processos. Os detentos estão presos por crimes como roubo, tráfico de drogas e estupro.

Os presos que saíram do presídio não receberam tornozeleira eletrônica, pois o interior do estado ainda não dispõe do equipamento.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que vai recorrer da decisão, porque não tem como monitorar os presos sem as tornozeleiras.

Segundo a Seap, a licitação que prevê a aquisição de 3.200 mil equipamentos ainda está em andamento. O processo começou em 2017.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas