VITÓRIA DA CONQUISTA 💣 EXTRA!, EXTRA! 💣 Vereador de Conquista afirma que R$ 68 milhões que quadrilha tentava sacar no BB era para o PT - Observador Independente

BAHIA

21 de octubre de 2018

VITÓRIA DA CONQUISTA 💣 EXTRA!, EXTRA! 💣 Vereador de Conquista afirma que R$ 68 milhões que quadrilha tentava sacar no BB era para o PT

Crédito da Foto :: Divulgação SSP    


ASSISTA AO VÍDEO DENUNCIA NO FINAL DA MATÉRIA 


A Polícia Civil segue em busca dos outros integrantes da quadrilha de estelionatários que tentou sacar R$ 68 milhões em uma agência do Banco do Brasil, na cidade de Poções. Onze pessoas foram capturadas pela Polícia Militar, na última quarta-feira (17/10).

Dois dias antes, o grupo foi ao banco e apresentou o cheque. Desconfiada, a gerência pediu alguns dias para providenciar o montante e descobriu que se tratava de um golpe. Foi solicitado apoio à PM que prendeu o grupo quando retornou à agência. O valor de R$ 1 milhão chegou a ser oferecido para o gerente facilitar a transação.

“As equipes da 10ª Coorpin (Vitória da Conquista) estão trabalhando, nas identificações dos presos, pois, nesse tipo de crime, é comum o uso de documentação falsa. O bando tem integrantes de Jequié, Poções e Ipiaú”, explicou o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Flávio Góis.

Ele aproveitou para descartar qualquer ligação da quadrilha com grupo político, como vem sendo divulgada em redes sociais. “Lamentável. Esse tipo de uso equivocado da informação ainda atrapalha a investigação”, concluiu.

Diferentemente das afirmações do delegado que investiga o caso, um vereador da cidade de Vitória da Conquista, postou vídeo no Youtube em que discursa na Câmara de Vereadores da cidade e faz sérias acusações contra o PT-Partido dos Trabalhadores, dizendo que o dinheiro seria para campanha de Haddad.

Da tribuna da Casa Legislativa o vereador exigiu postura ética da policia e ainda disse que o cheque procedia de Brasília e que o dinheiro seria destinado à campanha de Haddad na região.

ASSISTA AO VÍDEO

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas