SALVADOR @ ELEIÇÕES # “O eleitor está indisposto com a política”, considerou ACM Neto antes de votar - Observador Independente

BAHIA

7 de octubre de 2018

SALVADOR @ ELEIÇÕES # “O eleitor está indisposto com a política”, considerou ACM Neto antes de votar

Crédito da Foto: Divulgação     



Enquanto encarava uma fila e longa espera, a exemplo dos demais eleitores, o prefeito de Salvador ACM Neto aguardou a vez de votar na zona 01, seção 0205, na Faculdade de Administração da Universidade Federal da Bahia (Ufba), no Vale do Canela. Ele chegou ao local às 11h15 e encontrou uma demora, devido a problemas no sistema de biometria.

ACM Neto chegou ao local acompanhado do candidato a governador pelo Democratas e partidos aliados, José Ronaldo, além de postulantes a vagas na Assembleia Legislativa e Câmara Federal. Antes de se dirigir à Faculdade de Administração, o prefeito acompanhou a votação do deputado federal Jutahy Júnior (PSDB), candidato a uma cadeira de senador da República.

O prefeito fez uma avaliação da campanha em conversas com jornalistas. “Estamos confiantes e com o sentimento do dever cumprido, firmes na convicção de que fizemos o melhor nessa campanha na Bahia e no Brasil. Estou convencido de que nossas decisões foram as mais certas. Agora é esperar que o eleitor, livremente, possa fazer suas escolhas”, afirmou.

ACM Neto considerou a campanha atípica, pois o eleitor está indisposto com a política, além do período mais curto de propaganda. 
Isso (eleitor indisposto) é natural pelos problemas que aconteceram com a política nos últimos anos”, salientou. Mas o prefeito pediu que os baianos e brasileiros votem. “As pessoas que têm consciência precisam ir às urnas. Chegou o momento. Essa é a festa da democracia. A postura deve ser sempre a de agir, de sair de casa, e não a de cruzar os braços. E vamos respeitar o resultado que vier das urnas.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.
VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas