SALVADOR @ Mastologista ressalta importância da prevenção ao câncer de mama - Observador Independente

BAHIA

9 de octubre de 2018

SALVADOR @ Mastologista ressalta importância da prevenção ao câncer de mama

Em entrevista à Rádio Metrópole, médico André Dias falou sobre mutirão que será realizado no Hospital da Mulher / Crédito da foto : Divulgação




O médico André Dias, que coordena o serviço de mastologia do Hospital da Mulher, ressaltou a importância das ações de prevenção ao câncer de mama, em entrevista à Rádio Metrópole.

Como parte da programação do Outubro Rosa, mês de combate à doença, a unidade pretende marcar cerca de 500 atendimentos ao público externo no próximo dia 20 de outubro, a partir das 7h da manhã. A previsão é que 250 mulheres já sejam atendidas no mesmo dia.

"Estaremos abertos a um cadastro de demanda espontânea para pacientes que já tenham tido uma solicitação de consulta com mastologista, ou mesmo que já tenha realizado algum exame de mamografia ou de ultrassom, e lá tenham tido um achado, um nódulo, e que precisem passar por um mastologista", explicou Dias.

Para serem atendidas, as interessadas devem levar documento de identificação, cartão do SUS e comprovante de residência, além do pedido de encaminhamento para o mastologista ou o laudo do exame.

Dias ainda lembrou a importância do autoexame para a detecção precoce de tumores. "Não raras vezes, o que leva a paciente a um atendimento é ela ter notado alguma nodulação, ter apertado o bico e ter saído sangue, ou observar um ferimento na pele da mama. [...] A única ressalva que nós fazemos é que o autoexame não deve suprimir uma avaliação por um profissional de saúde, nem a realização da mamografia, quando na faixa etária indicada para a paciente", disse. 

De acordo com o Ministério da Saúde, a mamografia deve ser realizada por mulheres entre 50 e 79 anos. Já segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia, o exame deve começar a ser feito a partir dos 40 anos.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas