SALVADOR @ Neto diz reconhecer ‘força’ do PSL, mas desconversa sobre secretaria: ‘Vamos ver aí’ - Observador Independente

BAHIA

26 de octubre de 2018

SALVADOR @ Neto diz reconhecer ‘força’ do PSL, mas desconversa sobre secretaria: ‘Vamos ver aí’

Crédito da foto :: Divulgação      




Alexandre Galvão / Rodrigo Daniel Silva



Neto disse ainda que “há vantagem” de Bolsonaro na disputa com Fernando Haddad (PT), mas evitou dizer que a eleição está decidida.

Prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) desconversou sobre a oferta de uma secretaria municipal para o marido da deputada federal eleita Professora Dayane Pimentel (PSL). A informação foi publicada ontem (25), com exclusividade, pelo site Metro1. 

“Não sei. Vamos ver aí. Eu converso com todo mundo”, afirmou hoje (26). O presidente nacional do DEM disse ainda que é preciso “reconhecer” a importância do partido do deputado e candidato a presidente Jair Bolsonaro.

Independente do resultado [de domingo], o PSL é importante no Brasil e tem identidade ideológica conosco. O PSL tem jeito novo de fazer política, não existe ‘toma-lá-dá-cá’, nasce com proposta de renovação. Já no primeiro desafio, elegeu uma deputada muito qualificada, Dayane Pimentel, jovem, de valor, 

elogiou. 

Informações apontam que Alberto Pimentel, marido da parlamentar, vai ocupar o primeiro escalão do democrata. 

Neto disse ainda que “há vantagem” de Bolsonaro na disputa com Fernando Haddad (PT), mas evitou dizer que a eleição está decidida. 
Eleição definida só depois das urnas abertas. Tenho experiência para não cometer erros de outros. Tem gente que já sentou na cadeira e caiu, tem gente que já botou a faixa e tirou. Toda vantagem é de Bolsonaro, as pesquisas confirmam isso. Pelo sentimento que vejo, pelas conversas no Brasil, acho que ele será presidente, 
apontou.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas