SALVADOR @ Prefeitura encaminha projeto de ampliação de vagas na Educação Infantil à CMS - Observador Independente

BAHIA

21 de octubre de 2018

SALVADOR @ Prefeitura encaminha projeto de ampliação de vagas na Educação Infantil à CMS

O investimento inicial previsto para o programa é de R$30 milhões, com recursos 100% municipais
Crédito da foto :André Carvalho/Ascom/Smed/PMS  / Divulgação   






O prefeito ACM Neto (DEM) encaminhou à Câmara Municipal de Salvador o projeto de lei do programa Pé na Escola, que vai ofertar, inicialmente, 10 mil vagas para crianças em idade pré-escolar (4 e 5 anos), em parceria com instituições privadas de ensino. Em mensagem ao chefe do Legislativo municipal, ele ressaltou que os problemas da estagnação econômica e da demora na retomada do crescimento do País são determinantes e afetam a arrecadação dos municípios para garantir verba e aplicar na área.

"Diante de tal impasse, a solução que está sendo proposta na forma do presente projeto de lei para garantir as vagas necessárias para a Educação Infantil é de complementar as vagas que ainda não estão sendo ofertadas pela rede pública, em caráter provisório, até a disponibilização das vagas pelo poder público, mediante cooperação com instituições de ensino da rede privada, com finalidade lucrativa, com remuneração ou bolsa, a ser arcada pelo Poder Público", afirmou Neto. O investimento inicial previsto para o programa é de R$30 milhões, com recursos 100% municipais.

De acordo com o prefeito, o Pé na Escola tem como intuito zerar, inicialmente, toda a fila por demanda de vagas na pré-escola em Salvador em 2019.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas