BARRA-BA @ Mulher denuncia agiota por extorsão e homem é preso; vítima pagou 275% a mais - Observador Independente

BAHIA

10 de noviembre de 2018

BARRA-BA @ Mulher denuncia agiota por extorsão e homem é preso; vítima pagou 275% a mais

Crédito da Foto :: Berimbau Notícias / Reprodução     





Um homem foi preso em Barra, cidade do oeste da Bahia, após ser denunciado por agiotagem. De acordo com a Polícia Civil, uma das vítimas que pegou um empréstimo com o suspeito o denunciou na delegacia da cidade, na quinta-feira (8/11), mesmo dia da prisão.

A polícia informou que o agiota coagia e extorquia as pessoas. A vítima que o denunciou pegou R$ 1.200 emprestado com ele e já havia pago R$ 4.500, um valor 275% a mais do que o inicial. Segundo a polícia, o que motivou a mulher fazer a denúncia foi que o suspeito coagiu a vítima para que ela pagasse mais R$ 600.

Após denúncia da vítima, a polícia iniciou as investigações e fez a prisão em flagrante. Na ocasião, a polícia descobriu que o suspeito praticava agiotagem, inclusive, com outras vítimas. Na residência dele foram encontrados cartões de outras pessoas que, segundo a vítima, era a forma que ele havia escolhido para ter uma garantia do pagamento do débito.

Segundo a polícia, outras vítimas do agiota foram identificadas e informaram que, ao fazer o empréstimo, ele cobrava uma taxa de 25% ao mês.

Ainda segundo as vítimas, caso os pagamentos não ocorressem no dia e data designados por ele, o suspeito ameaçava e coagia as devedoras. Conforme apontam as investigações, as ações do suspeito para receber os juros e o valor da dívida eram tão graves que ele provocava temor nas vítimas.




Berimbau Notícias

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas