CONCEIÇÃO DO COITÉ @ Pedreiro é executado quando trabalhava em obra - Observador Independente

BAHIA

9 de noviembre de 2018

CONCEIÇÃO DO COITÉ @ Pedreiro é executado quando trabalhava em obra

Vítima estava rebocando uma parede quando recebeu os tiros | Foto: Raimundo Mascarenhas




O pedreiro Geovane Silva de Oliveira, 27 anos, foi morto a tiros no fim da manhã desta sexta-feira, 09, quando trabalhava numa obra de uma casa situada à Rua Alfeu Araújo, cerca de 200 metros da antiga sede da 26ª Ciretran de Conceição do Coité.

Segundo a Polícia o crime tem características de execução, já que a vítima trabalhava rebocando uma parede, desceram dois indivíduos de um carro (não divulgado) se aproximaram da vítima pediram para que o ajudante se afastasse e iniciaram os disparos a queima-roupa acertando principalmente a cabeça e o rosto do pedreiro que morreu no local.

Uma morador de uma rua ao lado disse que estava em casa no momento dos disparos e afirma que aconteceram exatamente às 11h25, “foram mais ou menos 20 tiros”, contou o morador. Geovane é natural da região da Fazenda Corrêa, mas estava residindo com a esposa na Fazenda Queimadinha na região do Distrito de Aroeira, município de Coité.

O corpo se encontra no local onde está presente uma guarnição da PM aguardando a chegada da Polícia Civil e equipe do Departamento de Polícia Técnica – DPT de Serrinha.

Até a publicação desta reportagem não havia nenhuma informação se a vítima tinha algum tipo de envolvimento em atos ilícitos.



Calila Notícias

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas