FEIRA DE SANTANA @ Audiência pública faz esclarecimentos sobre duplicação da BR 116 Norte - Observador Independente

BAHIA

9 de noviembre de 2018

FEIRA DE SANTANA @ Audiência pública faz esclarecimentos sobre duplicação da BR 116 Norte

Crédito da foto :: Paulo José/Acorda Cidade / Reprodução    




O vereador Roberto Tourinho considerou a audiência pública proveitosa e afirmou que todos os vereadores ficaram satisfeitos com as informações.


Foi realizada na manhã desta sexta-feira (9), na Câmara Municipal de Vereadores de Feira de Santana audiência pública que esclareceu sobre a duplicação da BR 116 Norte. Ronaldo Laguardia representante do Consórcio Amorim Barreto que é responsável pelas obras explicou que a audiência passou todas as informações a nível do projeto, como intervenções, prazos e questões estruturais. Segundo ele, as obras estão bem aceleradas.

“Estamos aí com uma parte liberada desde o Posto São Cristóvão até próximo ao Posto Trevo. A ideia é seguir com processos de desapropriação, interferências e liberação. Temos dois prazos para conclusão e o que nós temos liberado hoje até Santa Bárbara seria a questão de um ano e meio. Tem também a parte interna que ainda não tem licença ambiental que seria em torno de um ano e meio a dois anos de obra. Depende de recursos, da parte de desapropriação para ser analisado um cronograma melhor”, acrescentou.

Ronaldo Laguardia frisou que a obra de duplicação no momento está com pessoas trabalhando nos limites do município de Feira de Santana até uns 4km depois do Posto Trevo. Ele comentou que a duplicação terá equipamentos como viadutos e passarelas que serão distribuídos ao longo da necessidade do projeto. Além disso, a obra vai contemplar o trevo da BR 116 Sul, até o viaduto.

O vereador Roberto Tourinho considerou a audiência pública proveitosa e afirmou que todos os vereadores ficaram satisfeitos com as informações.

“Recebemos o projeto linear que foi apresentado pela empresa e aqui foram apresentados os pontos da construção dos viadudos, passarelas e retornos. A Câmara de Feira de Santana está satisfeita com as informações referentes a obra. O prazo é até de três anos e engloba a duplicação do anel de contorno da Cidade Nova até a Pousada da Feira”, salientou.




Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas