JUAZEIRO @ PREFEITURA É REPRESENTADA NA ‘SEMANA DA IGUALDADE RACIAL’ EM SALVADOR - Observador Independente

JUAZEIRO @ PREFEITURA É REPRESENTADA NA ‘SEMANA DA IGUALDADE RACIAL’ EM SALVADOR

Compartilhar
Crédito da foto :: Ascom Fabiana Diniz/SEDES / PMJuazeiro / Divulgação       



A Prefeitura de Juazeiro através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES) foi representada na ‘Semana da Igualdade Racial’ que aconteceu em Salvador até a sexta-feira (09). A diretora de Diversidade, Luana Rodrigues participou do evento que homenageou o Mestre Moa do Katendê e reuniu militantes do movimento negro, gestores públicos e lideranças do segmento.

A Semana da Igualdade Racial, que integra a programação do Novembro Negro do estado, teve como tema central das discussões a ‘Integração e a Consolidação do Sistema Estadual de Promoção de Igualdade no Âmbito da Década Internacional Afrodescendente’. A partir das discussões promovidas no encontro serão gerados subsídios para as gestões governamentais referentes às políticas públicas voltadas à população negra.

Durante as atividades da Semana, também aconteceu a 20ª Reunião do Fórum Estadual de Gestores Municipais de Promoção da Igualdade Racial. Para a diretora Luana Rodrigues, o encontro funciona como um indicativo e um espaço formativo para apresentação de trabalhos desenvolvidos nos municípios quanto às políticas de promoção da igualdade racial.

“Na reunião tratamos de reelaborar estratégias para lidar com o novo cenário de perda de direitos, de retrocesso quanto às políticas públicas voltadas à população negra. Foi mais uma oportunidade de pensar o combate ao discurso racista e discutir o novo cenário político que vivenciamos”, afirmou.

A diretora Luana Rodrigues também representou o Fórum de Gestores na mesa de abertura do evento participando ainda das discussões sobre a importância dos conselhos municipais.

“Sem dúvida este está sendo um evento rico e de conteúdo. Certamente trará reflexos para todos os municípios envolvidos. As autoridades presentes puderam compreender melhor que as ações de combate ao racismo em todas as suas faces, agora são ainda mais necessárias”, completou Luana.




Fabiana Diniz/SEDES

Post Bottom Ad

VivaABahia