SALVADOR @ 'Isso geraria o caos na cidade', diz ACM Neto sobre retirada de 100 linhas de ônibus - Observador Independente

SALVADOR @ 'Isso geraria o caos na cidade', diz ACM Neto sobre retirada de 100 linhas de ônibus

Compartilhar
Crédito da foto :: Ângelo Pontes / Agecom / Divulgação



"O governo do Estado quer penalizar os mais pobres. Enquanto for prefeito, mas nenhuma linha será suprimida", declarou na manhã de hoje (24)




O prefeito ACM Neto disse na manhã de hoje (24), durante a inauguração de campos de futebol na região de Cajazeiras XI, que não irá atender ao pedido do governo do Estado de retirar 100 linhas de ônibus da capital baiana que tenham trajeto semelhante ao do metrô.

A resposta do chefe do executivo municipal vem três dias após a declaração na última quarta-feira (21) do secretário estadual da Casa Civil, Bruno Dauster, durante entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole, em que pede a retirada das linhas sob a alegação de que o número causa aumento do fluxo das vias e eleva os custos da operação do sistema.
Isso geraria o caos na cidade. A população não pode ficar sem esses ônibus. Tenho o dever de zelar pela transporte público e mobilidade. Retirar 100 linhas criaria uma situação não administrável para as pessoas, que ficariam sem o serviço para ir e voltar do trabalho, por exemplo. O governo do Estado quer penalizar os mais pobres. Enquanto for prefeito, mas nenhuma linha será suprimida, 
declarou.

Ainda na ocasião, ACM disse que a Prefeitura vem cumprindo o acordo com o governo em relação ao funcionamento do sistema de ônibus em conjunto com o metrô. "Garantimos a integração em 100%. Fizemos o reordenamento das linhas. Mas não vou suprimir nenhuma outra linha. Essas que o governo quer tirar são essenciais e asseguramos que iremos manter", acrescentou.

Por meio de nota emitida ontem (24), o Sindicato dos Rodoviários da Bahia também se manifestou sobre a retirada das linhas de ônibus. Segundo a entidade que representa a categoria, mais de mil profissionais poderiam perder o emprego caso a decisão se concretizasse.

Post Bottom Ad

VivaABahia