SALVADOR @ Pelo 3º ano seguido, bandeira 2 em dezembro será opcional na capital - Observador Independente

SALVADOR @ Pelo 3º ano seguido, bandeira 2 em dezembro será opcional na capital

Compartilhar
Crédito da foto :: Ei, Taxi / Reprodução     




De acordo com o presidente Sinditáxi, categoria não deve aderir à cobrança da bandeira mais cara, para conseguir concorrer com aplicativos de transporte.



A cobrança de bandeira 2 durante o mês de dezembro será opcional em Salvador, pelo terceiro ano seguido, segundo informações divulgadas nesta terça-feira (27) pelo Sindicato dos Taxistas de Salvador (Sinditáxi) e Associação Geral dos Taxistas (AGT).

De acordo com o diretor do Sinditáxi, Antônio Cruz de Melo, a expectativa é de que 70% dos taxistas rodem com a bandeira 1 em todos os dias do mês, tanto no período diurno quanto à noite.

A medida, segundo Antônio, é uma forma de combater a concorrência dos aplicativos de transporte, que geralmente cobram preços mais baratos pelas corridas.

Em Salvador, a bandeirada, que é o valor cobrado no momento em que o taxímetro é ligado, custa R$ 4,81. A bandeira 1 custa R$ 2,42 por km rodado. Já na bandeira 2 é cobrado R$ 3,38 por km rodado.

"Essa concorrência dos aplicativos forçou a gente a desistir da bandeira 2. Se a gente for rodar com a tarifa mais cara, a gente não trabalha. Eu já fiz questão de ligar e avisar para os meus clientes fixos e todos ficaram felizes", contou Antônio.

Ainda segundo Antônio, durante o mês de dezembro deste ano, é esperado um aumento de 30% a 35% no número de viagens, por conta do verão, que aumenta o turismo na cidade.

"O movimento já está aquecido agora. Quando chegar dezembro, o turismo irá ajudar mais. Sempre ajuda e a gente já está sentido isso. A taxa na bandeira 1 deve ajudar também", disse Antônio.

Post Bottom Ad

VivaABahia