SANTO ANTº DE JESUS @ Grupo da UFBR promove III Ação Mulher-Quem Ama Se Toca - Observador Independente

SANTO ANTº DE JESUS @ Grupo da UFBR promove III Ação Mulher-Quem Ama Se Toca

Compartilhar
As jovens futuras doutoras, Luíza, Lorena, Natádija, Daniela e Amanda no atendimento à população e passando informações seguras e precisas sobre saúde pública demonstram a riqueza do ensino público da UFRB. 
Crédito da foto :: Redação Feira de Santana / Divulgação   






Com uma chamada forte “Vamos juntos trabalhar educação popular em saúde e construir conhecimento, III Ação Mulher - quem ama se toca!” um grupo de alunos dos vários cursos da área de saúde da UFRB-Universidade Federal do Recôncavo Baiano, campus de Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo baiano, promoveu neste sábado, 03, das 8h30 às 12h00, ação social em saúde, na Praça Pe Mateus. 

Serviços de medição de pressão arterial, glicemia, orientações sobre câncer de mama para homens e mulheres, distribuição de preservativos, aferição do IMC, entre outras ações foram oferecidas à população, visando o bem estar das pessoas e o repasse de informações importantes em saúde.

A importância deste tipo de serviço oferecido por profissionais da UFRB pode ser medida pelo volume de pessoas atendidas nas várias áreas, especialmente pessoas preocupadas com pressão arterial e IMC.
Crédito da foto :: UFRB / Divulgação    


Sobre o IMC o Dr. Jorge Sadao Nihei, disse que,

Manter o peso ideal é importante para evitar complicações como obesidade e diabetes ou até mesmo a desnutrição, quando o indivíduo está muito abaixo do peso. 

Para calcular o peso ideal das pessoas o atendimento foi feito por um médico da Fundação Oswaldo Cruz – FioCruz, Dr. Jorge Sadao Nihei, especialista em imunologia celular e patologia,que, após as medições corporais orientava as pessoas com relação as proporções corporais adequadas calculando o Índice de Massa Corporal - IMC, que leva em consideração a idade, peso e altura.

A ação foi organizado pela Liga Acadêmica de Patologia da UFRB em parceria com a LADIB e com o Grupo de Pesquisa CRIAI todos da mesma universidade.
Crédito do cartaz :: Luga Lacap / UFRB / Divulgação      

Post Bottom Ad

VivaABahia