AMARGOSA @ Polícia prende homens que arrombaram loja de eletrônicos - Observador Independente

BAHIA

7 de diciembre de 2018

AMARGOSA @ Polícia prende homens que arrombaram loja de eletrônicos

Crédito da Foto: Divulgação SSP-BA     



Agentes da Delegacia Territorial (DT) de Amargosa prenderam uma quadrilha, que arrombou e furtou 20 celulares, oito tablets, pen drive, caixas de som, fones e bonés de um loja de eletrônicos na cidade, localizada a 240 quilômetros de Salvador.

De acordo com o delegado Adilson Bezerra, titular da unidade policial, foram presos Tiago dos Santos Sampaio, de 20 anos, e Mateus dos Santos Oliveira, 19, além de rrês adolescentes de 13, 14 e 16 anos. Os criminosos teriam planejado e executado o assalto na madrugada da última quarta-feira (5/12).

Os assaltantes chegaram a danificar as câmeras de monitoramento da loja, para não serem identificados. Um garoto de 11 anos também participou da ação. A polícia está à procura do sétimo integrante da quadrilha, Iranildo de Andrade Ribeiro, conhecido como Nino, que conseguiu fugir.

Parte dos objetos furtados já foi recuperada e devolvida ao proprietário do estabelecimento. Tiago e Mateus foram autuados por furto qualificado e corrupção de menores e vão passar por audiência de custódia. Os adolescentes estão à disposição do Ministério Público.

Iranildo e Mateus já têm passagem por roubo. “Com essas prisões, elucidamos crimes da mesma natureza, pois a quadrilha é responsável por outros arrombamentos, ocorridos em barracas, na feira de Amargosa”, acrescentou o delegado.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.
VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas