BRASÍLIA @ Petrobras demite gerente que foi auxiliar de Dilma; rumores indicam ação de Bolsonaro - Observador Independente

BAHIA

7 de diciembre de 2018

BRASÍLIA @ Petrobras demite gerente que foi auxiliar de Dilma; rumores indicam ação de Bolsonaro

Crédito da Foto: Imagem Ilustrativa     



Sem esclarecer motivos, a gerente de Inteligência e Segurança da Petrobras, Regina De Luca, foi demitida do cargo. Fortemente ligada ao Partido dos Trabalhadores (PT), ela foi secretária de Segurança Pública do Ministério da Justiça no governo Dilma Rousseff.

De Luca chegou à companhia há dois anos a convite do então presidente, Pedro Parente e há rumores de que sua demissão já é reflexo de decisões do governo Jair Bolsonaro (PSL). A ex-gerente era uma das estrelas da campanha publicitária da estatal, que falava de medidas anticorrupção.

Na ação publicitária, Regina De Luca e outros funcionários citavam medidas para resgatar a confiança na estatal após a Lava Jato.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.
VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas