FUTEBOL @ Denúncia de suposta escalação irregular pode alterar rebaixamento e acesso no Brasileirão - Observador Independente

BAHIA

4 de diciembre de 2018

FUTEBOL @ Denúncia de suposta escalação irregular pode alterar rebaixamento e acesso no Brasileirão

Crédito da foto :: Divulgação / Goiás    



Depois de conhecer os clubes que subiram para a elite, no último final de semana aconteceu a definição dos quatro clubes rebaixados para a Série B do Brasileiro. Contudo, essas duas situações podem sofrer grandes mudanças. 

De acordo com informações do repórter Pedro Oriolim, da Rádio Central de Campinas, uma suposta irregularidade no registro do lateral-direito Ernandes, do Goiás, pode alterar o rebaixamento de um clube da Série A e o acesso de outro da Série B.

De acordo com as informações do Boletim informativo Diário, da CBF, e do site oficial do Goiás, Ernandes Dias Luz nasceu no dia 11 de novembro de 1987. Contudo, uma certidão do segundo cartório de São Félix do Araguaia-MT, onde o atleta nasceu, consta uma data diferente: 15 de novembro de 1985. Ou seja, Ernandes seria dois anos mais velho, configurando o que é conhecido no futebol como “gato”.

O lateral-direito atuou em um jogo com a camisa do Ceará, na derrota para o Santos na estreia da Série A, e em 31 com a camisa do Goiás pela Série B. Com isso, se o STJD entender que esses dois clubes devem ser punidos por uma suposta escalação irregular do jogador, O Ceará acabaria sendo rebaixado no lugar do Sport, e a Ponte Preta subiria para a elite na vaga do Goiás.

Em contato com o site GloboEsporte.com, a Ponte Preta afirmou que está estudando a melhor forma de usar essas informações.

Já o executivo de futebol do Sport, Klauss Camara, afirmou o seguinte ao GloboEsporte.com:

“O Sport, antes de qualquer coisa, acredita nas instituições que regulamentam o futebol. Temos certeza de que isso será apurado e, caso tenha algo errado, as medidas serão tomadas. A princípio, nós iremos esperar o que acontecerá nesse desenrolar”.

É importante ressaltar que o artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) prevê que no caso de escalação irregular, haverá: “perda do número máximo de pontos atribuídos a uma vitória no regulamento da competição, independentemente do resultado da partida, prova ou equivalente, e multa de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais)”.




Galáticos Online

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.
VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas