ITABUNA @ Megaoperações policiais capturam nove integrantes de quadrilhas - Observador Independente

BAHIA

1 de diciembre de 2018

ITABUNA @ Megaoperações policiais capturam nove integrantes de quadrilhas

Crédito da Foto: divulgação/SSP-BA    




Duas megaoperações que mobilizaram as polícias Civil e Militar de Itabuna, no sul da Bahia, contra duas organizações, na tarde de sexta-feira (30/11), prenderam nove criminosos envolvidos com tráfico de drogas, homicídios, roubos e corrupção de menores. Arma, munições, veículos, notebooks e celulares foram localizados em imóveis usados pelos criminosos.

Segundo a SSP-BA, as facções rivais foram alvos das operações ‘Brian’ e ‘Reação’. Com mandados em aberto foram capturados Johnny Santana Alves, Wadson da Silva Santos, Matheus Santos Silva e Fabiano Ribeiro Cruz, mais conhecido pelo apelido de ‘Terror’.

Com drogas, arma e munições foram presos em flagrantes Jonathan Nunes Mendes, Williams Souza Santos, José Wágner Batista Silva, José Roberto Santos das Neves e Cleidson Souto Santos.

Ainda de acordo com a SSP-BA, com os componentes das facções foram apreendidos um revólver calibre 38, munições, 1,5 kg de cocaína, 1 kg de maconha, meio quilo de crack, um carro modelo Celta, duas motocicletas da marca Honda, anabolizantes, 12 celulares, balança, cadernetas, notebook, entre outros itens.

“Mais uma importante demonstração de integração e força contra o tráfico de drogas. Esse será o tom para o ano de 2019”, prometeu o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin) da Polícia Civil, delegado Flávio Góis.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.
VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas